BESSA GRILL
Início » Política » Vice-presidente do PT ; escolha de Nadja pode representar enterro das instâncias partidárias

Vice-presidente do PT ; escolha de Nadja pode representar enterro das instâncias partidárias

25/12/2013 23:40

A indicação da ex-vereadora Nadja Palitot como pré-candidata a governadora continua repercutindo negativamente nas hostes petistas. O vice-presidente do diretório estadual do PT, o advogado Rafael Maracajá, disse que o caminho escolhido pela oligarquia Cartaxo pode representar o enterro das instâncias partidárias e os membros do diretório estadual precisam reagir a esses métodos.

Rafael Maracajá, que é aliado do deputado federal Luiz Couto, alertou que a voz das ruas mandaram outro recado nas manifestações de junho e o PT precisa se preservar enquanto instituição. “Um lançamento de candidatura que é combinado na calada da noite, por telefone, com contatos aos subordinados. Isso parece uma cena dos acordos familiares das grandes oligarquias que tanto combatemos. Desta forma fica difícil para militância e para o povo acreditar que seja algo do PT no século XXI”.

De acordo com Maracajá, a direção do PT deve se explicar sobre como um projeto político democrático vai ser construindo e representado de forma impositiva.  “Como eu poderia pedir voto para uma candidata dizendo que é do PT, mas que de fato foi escolhida por uma família sem nenhuma discussão interna? Ou seria o aprimoramento do blefe e, por isso esse formato de escolha?”, questionou o petista.