BESSA GRILL
Início » Política » Vereadores denunciam irregularidades em túnel da Lagoa e afirmam que CPI vai acontecer

Vereadores denunciam irregularidades em túnel da Lagoa e afirmam que CPI vai acontecer

31/05/2016 02:22

 

6E32RB-1Em virtude da gravidade dos problemas na obra do Parque Solon de Lucena e do rompimento, pela terceira vez, do asfalto da rua Padre Azevedo – Centro de João Pessoa – os vereadores da capital inspecionaram o local na tarde dessa segunda-feira (30) e se mostraram indignados com a situação encontrada.
Os vereadores Raoni Mendes, Renato Martins e Bruno Farias denunciaram irregularidades da Prefeitura Municipal nas obras de revitalização da Lagoa. O túnel, que segundo os parlamentares foi construído sem condição mínima de estrutura, a partir da Lagoa, estourou pela terceira vez porque não suporta chuvas.
Os vereadores percorreram vários pontos de alagamento e disseram que o túnel da Lagoa mais uma vez desabou e o asfalto das ruas por onde passa cedeu novamente. “Mais um motivo para a CPI da Lagoa continuar firme. Nós precisamos investigar esse desvio. É inadmissível, pela terceira vez essa obra se rompe, se abre. Fizeram ou não fizeram o túnel? O que é que fizeram aqui realmente?”, pergunta o vereador Raoni Mendes, que, debaixo de um guarda-chuva, filmava o caos.
O parlamentar questionou os valores investidos na obra da Lagoa. “Uma obra de R$ 41 milhões, onde há denúncias de R$ 10 milhões desviados. Essa denúncia fica mais clara quando constatamos esse cenário: basta uma chuva, estoura o túnel que foi feito recentemente. E ficam num discurso vazio, quando a demonstração fica evidente de que houve sim desvio nesse túnel e na retirada do lixo. Nós estamos apurando isso”.
O vereador Renato Martins disse que, após reunião, a bancada de oposição saiu por João Pessoa constatando pontos críticos no Bessa e Beira Rio, evidenciando que a cidade toda sofre pela falta de políticas públicas preventivas. Sobre a obra da Lagoa, o parlamentar disse que ela tem o componente agravante de envolver, de maneira já comprovada pela CGU, pelo menos R$ 10 milhões desviados, inclusive no túnel que era pra ser feito de concreto armado, com 40 cm de espessura e com dois metros de diâmetro, com maior capacidade de dar vazão, chegando até o rio Sanhauá, enquanto o túnel atual não faz nem metade do caminho. “A questão é grave, é preciso fazer esse dinheiro voltar em favor da obra para que se faça um túnel de verdade, de concreto armado para que se chegue até o rio Sanhauá”.  O vereador lembra que o inverno aqui está apenas começando.
Na opinião do vereador Bruno Farias,  a obra da Lagoa tem denúncias graves de irregularidades. “A obra foi feita com material de péssima qualidade, infringindo as normas técnicas, não respeitando os valores básicos de engenharia, de modo que não se pode ter mais de dez horas de chuvas em nossa cidade que o caos é estabelecido. O túnel infelizmente rompe e as águas com uma força muito grande estoura a pavimentação aqui na Guedes Pereira”. Bruno Farias disse ainda que a administração municipal foge da investigação como o diabo foge da cruz.
www.reporteriedoferreira.com