BESSA GRILL
Início » Política » Trócolli defende Gervásio e ameaça deixar o PMDB devido a retaliação em diretórios

Trócolli defende Gervásio e ameaça deixar o PMDB devido a retaliação em diretórios

20/08/2015 07:36

 

O deputado estadual Trócolli Júnior (PMDB) saiu em defesa do companheiro de bancada na Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia (PMDB), durante entrevista à Rádio Arapuan FM, no início da tarde desta quarta-feira (19). O deputado se referiu ao impasse na sucessão do diretório do PMDB na Capital e a “retaliação” que aliados de Gervásio estariam sofrendo da Executiva Estadual em municípios menores.201508190431550000003055

Na oportunidade, Trócolli comentou sobre a intervenção da Executiva no diretório de Alcantil. “O que fizeram com um aliado de Gervásio em Alcantil foi muito errado. Isso precisa que ser revisto pela Executiva Estadual do PMDB”, pontuou.

Trócolli lamentou a atitude com o deputado Gervásio Maia, “uma figura exponencial e com serviços prestados dentro do partido”. Ele afirmou ter assumido papel de “bombeiro” no conflito entre o amigo e o deputado federal Manoel Júnior a respeito da direção municipal do PMDB, onde foi acordado entre os deputados que Manoel Júnior estaria à frente por dois anos e Gervásio nos dois seguintes, acordo que não foi cumprido.

“Tenho me preocupado, mas tenho agido como bombeiro nessa situação toda, Gervásio merece respeito do nosso partido e sou amigo de todos no PMDB”, afirmou.

Trócolli revelou ainda que manteve contato com José Maranhão, Manoel Júnior, Hugo Motta para resolver o caso até o dia 30 deste mês. “Houve acordo, já inclusive divulgado por tudo e todos, o próprio presidente Manoel Júnior. Acontecem as coisas na décima hora. Espero que o PMDB continue unido”.

Porém, o deputado ameaçou: “Caso a situação dos diretórios não seja resolvida, não restará outra saída a não ser deixar o partido”.

www.reporteriedoferrreira.com