BESSA GRILL
Início » Política » TRE-PB adia julgamento das prefeitas de Cajazeiras e Pombal

TRE-PB adia julgamento das prefeitas de Cajazeiras e Pombal

ação contra Denise foi movida pela Coligação "Cajazeiras de Mãos Limpas", encabeçada pelo ex-prefeito Carlos Rafael (PTB).

18/01/2013 00:08

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) adiou o julgamento da AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) contra a prefeita de Cajezeiras, Denise Oliveira (PSB), que estava previsto para asessão plenária do TRE-PB desta quinta-feira (17). O adiamento ocorreu por que o juiz Marcos Aciolly faltou à sessão, devido a compromissos pessoais.

A ação contra Denise foi movida pela Coligação “Cajazeiras de Mãos Limpas”, encabeçada pelo ex-prefeito Carlos Rafael (PTB).

A coligação pede que o registro da prefeita seja cassado porque ela entrou na disputa às vésperas da eleição para substituir o marido, o médico Carlos Antônio, cujo registro havia sido negado pela Justiça eleitoral, em decorrência de problemas com a lei da Ficha Limpa.

O julgamento da AIJE foi remarcada para a próxima semana.

Polianna Dutra

O julgamento do agravo regimental contra a prefeita reeleita de Pombal, Polyana Dutra (PT), também foi adiado. Neste caso, o adiamento ocorreu por conta da renúncia do desembargador José di Lorenzo Serpa, que alegando problemas de saúde pediu para deixar o Tribunal.

Serpa era vice-presidente do TRE-PB e relator da ação contra o registro de candidatura de Polyanna, movida pela Coligação “Unidos Para O Bem de Pombal”, encabeçada pela adversária Mayenne Van Bandeira de Lacerda (PMDB). A alegação é de que Polyana não poderia ter disputado um segundo mandato porque era viúva do ex-prefeito Jairo Feitosa (PT) e isso geraria um terceiro mandato para a mesma linha de parentesco.

 

Da Redação com Wscom