BESSA GRILL
Início » Política » Tico Lira rebate acusações de Cassiano Pascoa

Tico Lira rebate acusações de Cassiano Pascoa

Ex-presidente da Agência Municipal de Desenvolvimento comenta acusações feitas por Cassiano Pascoal e diz que ex-aliado "cometeu uma loucura" ao responsabiliza-lo por desvio de dinheiro da campanha

9/01/2013 16:08
O ex-presidente da Agência Municipal de Desenvolvimento de Campina Grande, Tico Lira, rebateu hoje as acusações feitas na última sexta-feira, 4, pelo Twitter pelo ex-vereador Cassiano Pascoal, filho da ex-candidata a prefeita Tatiana Medeiros (PMDB). Tico foi apontado como integrante de uma suposta gangue que teria desviado dinheiro da campanha do PMDB e prejudicado a eleição da médica.
Em um texto longo publicado nos jornais, Tico cita seu histórico de trabalho, iniciado aos 14 anos e diz que aprendeu com o pai “a ganhar dinheiro honestamente, a ter caráter, respeitar as pessoas e nunca buscar prejudicar ninguém”.
Ele diz ter transmitido a presidência da AMDE “com o sentimento do dever cumprido” e acrescentou que a gestão realizada no órgão “seguiu o modelo de minha vida: o da correção dos atos”.
A propósito das acusações de Cassiano, ele afirma: “Fui surpreendido, com um misto de revolta e decepção, quando tomei conhecimento das declarações do ex-vereador Cassiano. Classifiquei de loucura alguém atirar para todos os lados sem provas de absolutamente nada. É preciso muito cuidado ao falar de alguém. (…) O que posso fazer neste instante é pedir a Deus controle, serenidade e tranquilidade. E dizer que não me resta outra alternativa a não ser acionar este cidadão na Justiça para que o dano causado à minha pessoa seja reparado. E assim será feito”.
Parlamentopb