BESSA GRILL
Início » Política » Ricardo admite que ainda não fechou percentual de reajuste

Ricardo admite que ainda não fechou percentual de reajuste

Governador informou que está concluindo os estudos das condições financeiras do estado para o aumento do funcionalismo, mas adiantou que não pretende comprometer o orçamento

18/12/2012 06:40

O governador Ricardo Coutinho (PSB) admitiu que ainda não fechou um valor para reajuste do funcionalismo a partir de primeiro de janeiro de 2013, segundo data base estabelecida pelo próprio socialista. Coutinho informou que está concluindo os estudos das condições financeiras do estado e que não vai comprometer o orçamento.

– Só quando a gente conseguir concluir estudos. Quem acompanha a situação do país sabe da redução das verbas, principalmente do Fundo de Participação dos Estados (FPE), sabe que nenhum outro estado da federação está dando reajuste e sabe que o governo federal deu 5% (de reajuste) depois de três anos sem dar reajuste.

O governador ainda justificou que o estado teria concedido vantagens aos servidores ao longo dos últimos meses, mas que vai respeitar a data do anúncio.
– Nós demos 10% no ano passado que transformou em 20% ao final do ano por conta do crescimento vegetativo, e das ascensões e promoções que demos. Agora, eu não vou dar um centavo a mais fora do equilíbrio do estado porque não sou irresponsável e também porque seria muito ruim para toda a população, incluindo o funcionalismo público. Vamos respeitar a data base criada por mim, mas dentro das condições que o estado disponha.
Sobre a possibilidade de realizar uma reforma administrativa, Ricardo evitou comentar o assunto e voltou a dizer que as mudanças podem acontecer em qualquer momento da gestão.
– Não existe uma reforma administrativa pré-agendada, o que existe é a possibilidade de mudança dentro de qualquer tempo e que pode ser feita ou não, isso depende da avaliação que eu tenha de cada um dos setores. Não tenho nenhuma novidade sobre isso.