BESSA GRILL
Início » Política » Quase 50% dos campinenses não sabem em quem votar para vereador

Quase 50% dos campinenses não sabem em quem votar para vereador

Entre os candidatos mais citados aparece o vereador Inácio Falcão (PSDB), que integra a coligação ‘Por amor a Campina I’, com 2,31%.

3/09/2012 14:02

Pesquisa Consult/Correio (não estmulada) revela que faltando 35 dias para as eleições de 7 de outubro 48,62% dos eleitores ainda não têm candidato a vereador em Campina Grande. Para este ano, a Câmara Municipal ganhou sete novas vagas – passou de 16 para 23. E 4,77% responderam que não votariam em nenhum dos candidatos postos.

Dos 415 interessados e que registraram candidatura a vereador na Rainha da Borborema, 341 foram considerados aptos, 11 tiveram a candidatura barrada em primeira instância, mas recorreram; e cinco tiveram o registro contestado. Outros 31 candidatos tiveram o registro indeferido e 17 renunciaram à disputa.
Entre os candidatos mais citados aparece o vereador Inácio Falcão (PSDB), que integra a coligação ‘Por amor a Campina I’, com 2,31%. Em segundo aparece o vereador Tovar Correia (PSDB), que também integra a coligação ‘Por amor a Campina’.
O comerciante Saulo Noronha (Democratas) vem em terceiro lugar com 1,85%, seguido de José Arnaldo Andrade dos Santos, o ‘Preto’ (PPS), este último integra a coligação ‘Pra Campina crescer em paz’. Ele obteve 1,85% das intenções de voto.
Em seguida, aparece Vaninho Aragão (Democratas, com 1,38%; Bruno Cunha Lima (PSDB), 1,23%; os vereadores João Dantas (PSD), com 1,23%; Nelson Gomes (PRP), atual presidente da Câmara, 1,08%; e Joia Germano (PRP), 1,08%. Os demais citados na pesquisa pontuaram abaixo de 1%.
A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) sob o número 00046/2012, no dia 23 deste mês. A pesquisa de campo foi realizada nos dias 27 e 28 deste mês. O grau de confiabilidade é de 95% e a margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos. Ao todo, a Consult fez 650 entrevistas com eleitores de ambos os sexos, de todas as faixas etárias, níveis de escolaridade e rendimentos familiares.
Correio da Paraíba