BESSA GRILL
Início » Política » Prefeito e Senador denunciam “abuso de poder do comando da CPTran”

Prefeito e Senador denunciam “abuso de poder do comando da CPTran”

16/09/2012 22:21

Prefeito e Senador denunciam “abuso de poder do comando da CPTran”

Prefeito e Senador denunciam “abuso de poder do comando da CPTran” durante carreata em CG e apelam por presença de tropas federais na cidade

O Prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo e o Senador Vital do Rêgo (Vitalzinho) denunciaram um “festival de multas” promovido pelos agentes da CPTran durante a Grande Carreata da Vitória, realizada na tarde e noite desse sábado em Campina Grande, pela Coligação Campina Segue em Frente, que tem como candidata a Prefeita a médica Tatiana Medeiros (PMDB).

Ao final da Carreata, Veneziano denunciou o abuso durante discurso e disse que iria acionar o Jurídico da coligação para dar apoio na defesa das multas. “A Paraíba tem um governador que faz tudo contra Campina. O que vimos na carreata foi uma arbitrariedade, um abuso de poder, que nós vamos questionar”, afirmou o Prefeito.

Multas indiscriminadas – Os agentes da CPTran ficaram situados, estrategicamente, nas esquinas. Visivelmente, eles não orientavam os motoristas, mas, com pranchetas nas mãos, anotavam só as placas dos carros. “Vi que na prancheta deles tinha apenas uma lista de placas de carros e motos. Isso quer dizer que depois eles colocam qualquer infração”, afirmou o comerciário Severino de Paiva Araújo, que participou da carreata.

Veneziano disse que muitos agentes vieram ao seu encontro, pedir desculpas pelo que estavam fazendo, mas dizendo ser fruto de uma ordem superior, para multar a maior quantidade possível de carros. “Eles disseram ter recebido ordem do comando da CPTran para chegar no órgão com a maior quantidade possível de multas”.

Carreata sem incidentes – Segundo os organizadores, a carreata reuniu mais de 2.500 carros e cerca de 3 mil motos. Mesmo assim, não houve qualquer incidente. “O que vimos nas ruas foi uma grande festa cívica, pessoas de carro, de moto e até à pé, um grande exército vermelho nas ruas, que terminou com um gigantesco comício no bairro das Malvinas. Não houve uma só batida”, disse Vitalzinho.

“O que temos a lamentar é a truculência, não dos agentes, porque estes receberam ordens superiores, ou uma ‘determinação expressa, como um deles me alou’, mas do comando da CPTran, que, com uma posição nitidamente política, agiu ontem para constranger as pessoas que participaram da carreata”, afirmou o Senador.

Ameaça a cinegrafista – Ao final da carreata, o cinegrafista Popó Calixto, que estava registrando em flagrante a ação de um dos agentes da CPTran fazendo multas indiscriminadas, foi ameaçado pelo agente, que partiu pra cima do profissional, ordenando que desligasse a câmera, sob a ameaça de prisão por desacato a autoridade.

“Eu estava filmando, ele veio e me ameaçou. Continuei filmando e ele queria que eu desligasse a câmera. Não desliguei, pois conheço a lei e sei que posso filmar em locais públicos”, disse Popó. O ato foi presenciado pelo próprio Prefeito Veneziano, que estava deixando a carreata e parou o carro para ver o que se passava.

Necessidade de Tropas – O Senador Vital do Rêgo disse que vai denunciar o caso ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba – TRE-PB e ao Tribunal Superior Eleitoral – TSE, mostrando a necessidade do envio de Tropas Federais para garantir a equidade do pleito. “A atuação da CPTran ontem foi uma clara demonstração do partidarismo da força policial. Há uma politização dos órgãos estaduais de segurança, sob o comando de um governador que é contra Campina e tudo fará para eleger seu candidato na cidade”.

 pbagora