BESSA GRILL
Início » Política » Prefeito de Alhandra elogia pacote de ajuda do Governo Federal

Prefeito de Alhandra elogia pacote de ajuda do Governo Federal

29/01/2013 23:26

mail

A liberação de R$ 66,8 bilhões pelo Governo Federal para auxiliar as prefeituras nas áreas de saúde, educação, segurança, infraestrutura e assistência social foi bem recebido por todos os gestores municipais do Brasil, principalmente pelo prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues (PMDB), que assumiu seu primeiro mandato este ano e encontrou o município com diversas pendências. “A ajuda do Governo Federal chega em boa hora, pois os municípios precisam de recursos que assegurem investimentos em ações e projetos que garantam o desenvolvimento local”, destacou Marcelo.

Marcelo Rodrigues parabenizou a presidente Dilma Rousseff pela sensibilidade com que está tratando o momento delicado pelo qual a grande maioria dos municípios brasileiros está passando, principalmente, devido à queda dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) – parcela mais importante e significativa na receita das prefeituras. “O FPM de 2013 está no mesmo patamar de 2012, mas a elevação de gastos, como o reajuste do salário mínimo e do piso dos professores entre outras despesas comprometem o equilíbrio financeiro das prefeituras que arrecadam menos, com gastos mais altos”, argumenta o prefeito de Alhandra.

Além disso, Marcelo Rodrigues comemorou também a disposição de Dilma Rousseff para manter uma relação de proximidade com os estados e municípios. “A presidente coloca o Governo Federal como um parceiro comprometido com o diálogo. Isso é muito importante para os gestores que, como a presidente, almejam um bom ano para 2013”, frisou o prefeito de Alhandra.

Outra iniciativa da presidente Dilma que também entusiasmou o prefeito de Alhandra foi o anúncio de que o Governo Federal vai promover o encontro de contas de pelo menos 833 municípios, zerando a dívida previdenciária dessas cidades de até 500 mil mensais a partir de março. “A medida que visa promover o balanço entre o que as prefeituras devem e o que têm a receber do INSS, deve aliviar a situação de endividamento de muitas cidades brasileiras”, avalia o prefeito de Alhandra.

Assessoria