BESSA GRILL
Início » Política » Postura de Carlos Dunga na Assembleia ainda é incógnita

Postura de Carlos Dunga na Assembleia ainda é incógnita

Deputado deve assumir o mandato depois do carnaval, mas não se sabe se será oposição ou situação. Líder diz que é cedo para conversar e aguarda novo parlamentar chegar ao cargo

12/02/2013 14:14

DungaO suplente de deputado estadual Carlos Dunga (PTB) espera ser empossado no mandato na semana que vem. A expectativa é justificada pela publicação no Diário da Justiça do acórdão referente à decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) considerando válidos os votos obtidos pelo ex-prefeito de Cuité, Osvaldo Venâncio, o Bado. A edição do Diário já está disponível na internet com a sentença que altera a contagem de votos das coligações que disputaram as eleições de 2010 e deve gerar uma retotalização dos sufrágios e o consequente reconhecimento da eleição de Carlos Dunga para a Assembleia Legislativa.

Até agora, contudo, Dunga não afirmou que postura deverá adotar no legislativo estadual. O mistério sobre sua ida para a oposição ou situação permanece.
O líder do Governo na Assembleia, Hervázio Bezerra (PSDB), disse hoje ao Parlamentopb que tem boa relação pessoal e política com Dunga, mas espera o desfecho do caso para deflagar um diálogo com o político:
– É preciso esperar para verificar se a Justiça Eleitoral confirma a posse de Dunga ou se mantém Genival Matias no mandato. Diante da solução, vamos nos posicionar. Qualquer movimento neste momento seria prematuro.
Apesar de Dunga acreditar não haver mais instância para eventual recurso de Genival Matias, a assessoria do deputado do PT do B garante que haverá contestação à decisão do TSE.
Depois da publicação do acórdão, o TRE da Paraíba deve proceder a recontagem dos votos e validar a eleição de Dunga. O passo seguinte é comunicar o resultado à Assembleia Legislativa, a quem competirá marcar a posse do novo parlamentar.