BESSA GRILL
Início » Política » Paralisação dos agentes fiscais: sindicato nomeia comando de greve

Paralisação dos agentes fiscais: sindicato nomeia comando de greve

13/11/2017 19:01

Foram nomeados os auditores Breno Fernandes, como coordenador e os diretores Eudócio Dantas e Wagner Monteiro como membros

O Sindicato dos Agentes Fiscais do Município de João Pessoa (Sindifim), nomeou na manhã dessa segunda-feira, 13, a direção do comando de greve que ficará responsável em negociar as reivindicações da categoria junto à Prefeitura Municipal de João Pessoa. Foram nomeados os auditores Breno Fernandes, como coordenador e os diretores Eudócio Dantas e Wagner Monteiro como membros.

 

Os auditores fiscais realizaram uma assembléia geral na manhã da última quarta-feira, 8, na sede do sindicato da categoria, no Centro da Capital, e decidiram que irão realizar uma paralisação de 24 horas, nesta terça-feira, 14, a partir das 8 horas, como forma de alertar o prefeito de uma possível greve geral, por tempo indeterminado, caso ele não atenda às reivindicações da cetegoria.

 

De acordo com o coordenador do movimento grevista, Breno Fernandes, as principais reivindicações da categoria são as seguintes:
1. Criação do Fundo para ser destinado ao financiamento da modernização, treinamento, educação fiscal, etc, previsto na legislação e já implantado na maioria das capitais do Brasil.
2. Modificação da forma de ocupação dos cargos em comissão da SEREM, dando prioridade aos servidores fiscais efetivos.

3. Reduzir o tempo de serviço para cumprir o período de conclusão ao último nível do quadro da categoria.
4. Modificar a forma de reajuste salarial anual da categoria, adaptando à nova situação jurídica.
5. Estender a percepção do PAP- Prémio Anual de Produtividade- aos demais auditores fiscais que participam do esforço para cumprimento da meta de arrecadação anual.
6. Unificar as duas parcelas percebidas hoje pelos auditores fiscais.

Fonte: Assessoria de Comunicação