BESSA GRILL
Início » Política » MP encaminhará denúncia contra envolvidos na Operação Pão e Circo

MP encaminhará denúncia contra envolvidos na Operação Pão e Circo

Ministério Público deve encaminhar denúncia contra os envolvidos na Operação Pão e Circo ao Tribunal de Justiça da Paraíba.

1/09/2012 08:38


O procurador-geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro, informou que o Ministério Público deve encaminhar nas próximas semanas denúncia contra os envolvidos na Operação Pão e Circo ao Tribunal de Justiça da Paraíba. Segundo o procurador, as investigações estariam avançadas do mesmo modo que o processo resultante da Operação Gabarito, ambas deflagradas no mês de junho.

“Estamos bem estruturados. As nossas investigações estão em curso e espero em breve estarmos fazendo a denúncia de 30 pessoas que foram presas na Operação Pão e Circo”, garantiu. Trigueiro acrescentou que o órgão está trabalhando em vários casos e que apresentará novos resultados nas próximas semanas. “Estamos denunciando em outubro para o Tribunal da mesma forma como a empresa Metta e aquelas pessoas que fraudaram os concursos. O Ministério Público é atuante e é importante para a sociedade defendê-la”, destacou.

Pão e Circo – A operação foi realizada no mês de junho com o objetivo de desbaratar um esquema de fraudes na contratação de bandas para apresentação em diversas festividades em 13 municípios da Paraíba. A investigação durava cerca de um ano e constatou o desvio de cerca de R$ 50 milhões em recursos públicos através dos contratos irregulares.

Entre os investigados estão os prefeitos de Alhandra (Renato Mendes), Solânea (Francisco de Assis Melo) e Sapé (João da Utilar), as primeiras-damas de Alhandra e Solânea, além de vários secretários municipais e alguns empresários.

Gabarito – A operação teve o intuito de desarticular um esquema criminoso de fraude em concursos públicos, no município de Caldas Brandão (a 60 quilômetros de João Pessoa) e investiga a participação da empresa Metta Concursos & Consultoria Ltda, bem como gestores que tenham contratado os serviços.

 

Parlamentopb