BESSA GRILL
Início » Política » Ministro afirma que águas do São Francisco chegarão à PB em 2014

Ministro afirma que águas do São Francisco chegarão à PB em 2014

3/02/2013 20:04

NCB7UU-1As águas da transposição do Rio São Francisco poderão chegar à Paraíba ainda no próximo ano. A informação foi dada pelo ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho, durante visita às obras do eixo norte, em São José de Piranhas, no Sertão do Estado, na última sexta-feira. Segundo ele, a primeira região a receber a água do “Velho Chico” deverá ser o Cariri, através da conclusão das obras do lote 12, do eixo leste que terminará em Monteiro. No local, as obras foram retomadas no mês passado. Já no Sertão, porta de entrada do eixo norte na Paraíba, o lote 7, que está paralisado há mais de um ano, será relicitado no próximo dia 28, conforme garantiu o ministro e a previsão é que toda atividade seja concluída em dezembro de 2015. O lote terá um investimento de aproximadamente R$ 400 milhões.

De acordo com Fernando Bezerra, o Ministério reconhece que existem obras paradas e que os interrompimentos atrasaram a transposição, mas garantiu que todas os lotes que estão paralisados serão retomados ainda neste primeiro semestre do ano.

Ele explicou que dos 16 lotes que compõem os eixos norte e leste, um já está concluído  onze está em andamento e outros quatro estão em fase de processo licitatório.

Oito lotes estão em atividade

“O canal de aproximação do eixo norte, que fica em Pernambuco, já está concluído, e os lotes 1 em Cabrobó (PE),  2 e 8 em Salgueiro (PE),  5 em Brejo Santo (CE) 11 em Custódia (PE), 12 em Sertânia (PE), 13 em Floresta (PE) e 14 em São José de Piranhas, na Paraíba, estão em total atividade. Nossos esforços têm sido manter essas frentes de serviço a todo vapor para que seja cumprido o prazo que demos que é de que em 2015, tudo estaria concluído. Posso garantir que, conforme as obras estão andando, logo no ano que vem Ceará e Pernambuco já receberão água do São Francisco. Já a Paraíba, cuja previsão anterior era para final de 2015, poderá receber também no ano que vem”, explicou o ministro.

Conforme explicou o ministro, a região de Monteiro, no Cariri, deverá ser a primeira a receber as águas do São Francisco na Paraíba, porque as obras do lote 12, que abrange o local, estão sendo concluídas em Sertânia (PE) e logo em seguida, entrarão em terras do Cariri. Ele contou que em meados do mês de março Monteiro já estará contando com os serviços da transposição.

“Esse lote faz parte da Meta A 3L que mede  34 km.  Será finalizada em dezembro de 2014. Este trecho está situado entre o reservatório Barro Branco, em Custódia (PE), e o reservatório Poções, em Monteiro (PB). De lá, a água será jogada no Rio Paraíba, que abastecerá adutoras como o Gongo, Cariri, Boqueirão, Acauã e chegará até as vertentes litorâneas que beneficiará até o litoral paraibano. Acreditamos que será terminada dentro do prazo e, por conta disso, a água chegará logo nessas regiões”, frisou.

Eixo norte

Já em relação aos lotes 7 do eixo norte, em São José de Piranhas, no Sertão, que foi abandonado pelas empresas há mais de um ano, o ministro disse que as atividades serão retomadas até o mês de maio. “Nesse referido lote, o consórcio que estava executando não teve o contrato renegociado e agora abriremos licitação no dia 28 deste mês. Queremos que tudo corra de forma rápida para a obra começar em poucos meses. Esse lote é de extrema importância porque é o responsável pela construção do canal que levará água para o reservatório de Engenheiro Ávidos  além do Rio Piranhas-Açu, que abastece o Coremas e o Rio Grande do Norte”, frisou.

No lote 14, também localizado em São José de Piranhas, e que contempla a construção dos túneis Cuncas I e II, o maior da América Latina em infraestrutura hidráulica, as obras estão avançando e, dos 21 quilômetros de extensão,  já foram escavados 13,2km. “As obras nos túneis não passaram por paralisação. O consórcio Construcap não parou em nenhum momento e o túnel é uma das obras mais complexas de todo projeto da transposição. Somente o Cuncas I, que mede 15, km, já está com 49,1% de conclusão, e o Cuncas II que mede 6km, está com 93,3% de obras executadas”, contou o ministro da integração.

PB ganhará três barragens

O lote 7, contemplará, além da construção de um canal por onde correrão as águas do São Francisco, também terá a construção de três barragens, sendo uma delas, a de Boa Vista, em São José de Piranhas, a maior de toda a transposição, com capacidade para armazenamento de mais de 240 milhões de metros cúbicos (m³). Outros dois reservatórios, o Morros e Caiçara, também serão construídos na região e, juntos, terão capacidade para quase 10 milhões de m³.

“Ao todo, a transposição terá 27 barragens, sendo que duas já foram construídas e 13 estão em andamento. As demais serão construídas após as licitações e entre elas estão as três da Paraíba, que vão reforçar a infraestrutura hídrica do Estado”, frisou o ministro.

Correio da Paraíba