BESSA GRILL
Início » Política » Maranhão registra chapa e inclui Gervásio, mas sem o consentimento do deputado

Maranhão registra chapa e inclui Gervásio, mas sem o consentimento do deputado

Homologação ocorreu em reunião na noite desta quarta-feira (13). Gervásio Maia não reconhece participação

13/12/2012 18:23

O ex-governador José Maranhão (PMDB) finalmente homologou a chapa que disputará o diretório estadual do PMDB para o biênio 2013-2014, em convenção estadual do partido, na próxima terça-feira (18). A deliberação que uniu as duas alas da legenda foi concluída em reunião entre Maranhão e o ex-senador Wilson Santiago, na noite desta quarta-feira (13), em João Pessoa.

A chapa é formada por José Maranhão como presidente do PMDB; Wilson Santiago como vice-presidente; o deputado federal Manoel Júnior na 2ª vice-presidência; o deputado estadual Gervásio Maia como 3º vice-presidente e líder do partido na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB); o prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo, na secretaria Geral e o deputado estadual Raniery Paulino como secretário adjunto.

Ficou definido ainda que o atual presidente do Diretório Estadual, Antônio Souza, será o tesoureiro da legenda no próximo biênio. A tesoureira adjunta será a deputada Olenka Maranhão.

Em contato com o WSCOM Online, o deputado Gervásio Maia afirmou que seu nome foi colocado na chapa sem o seu consentimento. “Não tenho conhecimento sobre essa chapa e desconheço qualquer entendimento a esse respeito. Não participei dessa reunião de ontem [quarta-feira] e meu entendimento continua o mesmo de antes”, comentou.

O atual presidente do PMDB, Antonio de Sousa, disse que o deputado continua tentando tumultuar o processo e que a chapa está aberta para que ele peça o desligamento, caso seja a sua vontade. “Ele não é obrigado a participar. Se ele quiser sair, é só encaminhar uma carta para o diretório que será feita a substituição”, disse.

Ainda de acordo com Antonio de Sousa, o deputado Gervásio Maia estava ciente da homologação da chapa, pois, manteve uma longa conversa por telefone com o ex-governador José Maranhão no período da tarde. “Claro que ele sabia. Agora veja bem, ele indicou quem quis para a chapa, teve total liberdade para isso e todos renunciaram um pouco para que essa composição fosse formada de forma consensual, então, por que só o deputado não quer ceder?” questionou o dirigente.

A convenção estadual que culminará na eleição para a Executiva está confirmada para o próximo dia 18. Também fazem parte da chapa todos os prefeitos eleitos pelo PMDB no último dia 7 de outubro no Estado.

Wscom