BESSA GRILL
Início » Política » Líder aposta em maioria para aprovação de empréstimo da Cagepa

Líder aposta em maioria para aprovação de empréstimo da Cagepa

Hervázio Bezerra acredita que Governo terá maioria definida até o dia 18, quando a Assembleia inicia o semestre legislativo: "Aposto todas as fichas que o aval à Cagepa será aprovado"

12/02/2013 14:08
TF6F-1O semestre legislativo na Assembleia vai começar na próxima segunda-feira, 18, e um projeto polêmico deve ser o primeiro a ser apreciado pelos deputados estaduais paraibanos. Trata-se do pedido de aval do Governo do Estado para um empréstimo de R$ 150 milhões à Cagepa. A matéria foi parar na Justiça depois de ter um parecer contrário da Comissão de Orçamento. A mesa diretora da Casa Epitácio Pessoa alegou que o parecer precisaria de 22 votos para ser derrubado. Como houve 19 votos a favor da derrubada do parecer e 16 a favor, o caso foi encaminhado para o Tribunal de Justiça, que determinou seu desarquivamento e sentenciou que não seria necessário quorum qualificado para reverter o parecer da comissão.
Otimista, o líder do Governo, Hervázio Bezerra (PSDB), autor do Mandado de Segurança ao TJ-PB, espera contar com maioria em seu bloco antes do início do semestre. Mais que isso, o tucano disse acreditar na possibilidade de aprovação unânime do empréstimo da Cagepa:
– Estamos conversando com alguns deputados e pode ser que tenhamos maioria já no início do semestre. Temos um bom prognóstico para a votação do empréstimo da Cagepa e aposto todas as minhas fichas como ele será aprovado. Isso pode ser até por unanimidade. Acredito que depois dessa bela campanha “SOS Seca”, os deputados não incorreriam em uma contradição história ao rejeitar o pedido de aval do Governo para o empréstimo da Cagepa, porque a companhia gerencia as águas do Estado. Seria um contrassenso a mesma Assembleia que se mobiliza por ações de convivência com a seca negar um pedido que vai ajudar a levar água aos paraibanos. E tudo que pedimos é a oportunidade de consolidar seis empréstimos em um com juros mais baixos.
Atualmente, a contagem governista numera 16 membros na bancada. A expectativa de Hervázio é de reunir 19 até a semana que vem.
Parlamentopb