BESSA GRILL
Início » Política » Imbróglio na AL: Cabo Sergio pede diplomação ao TRE para ficar com vaga de Toinho

Imbróglio na AL: Cabo Sergio pede diplomação ao TRE para ficar com vaga de Toinho

Diplomado, Cabo Sérgio entende que a vaga é sua, devido a suposta condenação de Monaci

25/01/2013 13:42

A polêmica em torno do suplente que assumirá avaga  do deputado Toinho do Sopão (PEN), que se licenciou em outubro de 2012 para, como ele próprio definiu, cuidar da máquina humana, teve um novo capitulo nesta quinta-feira (24), já que o candidato a deputado, nas eleições estadual de 2010, Sérgio Rafael Bento (Cabo Sérgio) ingressou com uma ação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) pedindo a sua diplomação como suplemente e consequentemente que o órgão comunique a ALPB que o terceiro suplente Monaci Marques não pode assumir o cargo, já que tem condenação criminal, transitada e julgada, na Justiça Federal.

Toinho do Sopão foi eleito pela coligação PRP, PTN, PPS, PV e PTC e apenas três suplentes Reginaldo Pereira (1º), Jóia Germano (2º) e Monaci Marques (3º) foram diplomados. Na ação, assinada pelo advogado Rodrigo Varela, Cabo Sergio, que obteve 7.898, pede que seja diplomado quarto suplente.

Diplomado, Cabo Sérgio entende que a vaga é sua, devido a suposta condenação de Monaci, como alega na ação.

Toda a polêmica decorre do fato do primeiro suplente Reginaldo Pereira ter sido eleito prefeito de Santa Rita. Ele até assumiu o mandato em 10 de outubro do ano passado, mas no final de dezembro se afastou do cargo para assumir a prefeitura. Com a saída de Reginaldo, o substituto seria Jóia Germano, mas o segundo suplente foi reeleito vereador em Campina Grande e não quis renunciar para ficar menos de um mês como deputado.

Assim, a vaga será herdada pelo terceiro suplente, Monaci Marques, a quem o Cabo Sérgio acusa de ter óbice legal impedindo-o de assumir mandato eletivo.

Apesar de todo o imbróglio, o futuro deputado ficará menos de um mês no cargo, já que a licença de Toinho é de apenas 120 dias e se encerra no final de fevereiro.

Da Redação com Wscom