BESSA GRILL
Início » Política » Estela assina documento sobre sigilo do Cuiá e desafia Cícero Lucena

Estela assina documento sobre sigilo do Cuiá e desafia Cícero Lucena

15/09/2012 21:05

 

 Veja aqui o documento assinado por Estela e a proposta encaminhada a Cícero

Após acordo proposto em debate no início da semana, sobre a quebra de sigilo judicial em processos em andamento, a candidata a prefeita de João Pessoa, Estela Bezerra (PSB), apresentou na manhã deste sábado (15) um documento assinado por ela através do qual abre mão de todos os sigilos que possam haver em relação ao processo de desapropriação da Fazenda Cuiá, quando ainda era secretária de planejamento da Prefeitura.
Estela também apresentou uma sugestão de documento que o candidato do PSDB, o senador Cícero Lucena, pode assinar para cumprir sua parte no acordo, permitindo a quebra no sigilo dos diversos processos aos quais responde no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), no Tribunal de Contas da União (TCU) e no Supremo Tribunal Federal (STF).
No documento proposto, Cícero abriria mão em caráter amplo e irrestrito, ao direito do segredo de justiça, autorizando a qualquer cidadão fazer cópias dos autos dos processos e ter acesso a documentos e outras informações contidas nos mesmos, incluindo diálogos e interceptações telefônicas gravados com autorização judicial pela Polícia Judiciária Federal.
No primeiro encontro público entre os candidatos que ocorreu após o desafio, em um debate realizado pelo Portal Correio/UOL, na sexta-feira (14), Estela levou o documento assinado, bem como o documento proposto para ser assinado por Cícero, que não só ignorou o desafio como articulou com a produção do debate para não ser desafiado novamente pela candidata do PSB durante o evento, esquivando-se do compromisso assumido previamente.
O desafio entre os candidatos foi proposto por Estela durante debate realizado pela Rádio Arapuan, na última segunda-feira (10), e foi prontamente aceito por Cícero, que disse abrir mão de seus sigilos se a candidata do PSB fizesse o mesmo. “Estou cumprindo minha parte no acordo publicamente porque não tenho nada a esconder. Todo o processo de desapropriação da Fazenda Cuiá foi transparente e houve lisura de minha parte enquanto gestora. Agora, vamos ver se o candidato do PSDB terá o mesmo comprometimento com a transparência, já que o povo de João Pessoa quer ter acesso as informações do caso Confraria”, desafiou.
Assessoria