BESSA GRILL
Início » Destaque » Dirigente do PSB ‘dedura’ advogada e nomeação para a Casa Civil pode não sair

Dirigente do PSB ‘dedura’ advogada e nomeação para a Casa Civil pode não sair

5/11/2015 22:42

201511040922450000006589A nomeação da advogada Paula Laís de Oliveira Santana na função de secretária chefe da Casa Civil, no Governo do Estado, pode não acontecer mais. É que nesta quinta-feira (5), o dirigente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) no município de Cajazeiras, Rivelino Martins, informou ao governador Ricardo Coutinho (PSB) que a indicada do ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Antonio (Democratas), teria votado no senador Cássio Cunha Lima (PSDB) para governador, na eleição de 2014.

A advogada Paula Laís de Oliveira é filha do também advogado Paulo Sabino, que foi secretário de Carlos Antonio na Prefeitura Municipal de Cajazeiras. Segundo Rivelino Martins, os dois profissionais teriam, inclusive, trabalhado na coordenação jurídica do então candidato do PSDB no município.

“Eu já disse a quem tinha que dizer no Governo do Estado. Respeito a indicação feita pelo ex-prefeito Carlos Antonio, mas a indicada, a senhora Laís Sabino e o seu pai, Paulo Sabino, trabalharam e votaram em Cássio Cunha Lima na última campanha eleitoral”, disse o dirigente, em mensagem encaminhada, via aplicativo de mensagens, WhatsApp, ao radialista Nilvan Ferreira, âncora do programa Rádio Verdade, da Rádio Arapuan FM.

A indicação da advogada foi aceita na tarde de quarta-feira (4), após longa reunião entre Ricardo Coutinho e Carlos Antonio, em João Pessoa. Na oportunidade, o ex-prefeito chegou a pedir desculpas pela insubordinação da ex-ocupante do cargo, a vereadora de Cajazeiras, Léa Silva, que também foi indicação dele.

Entenda
A exoneração de Léa Silva aconteceu após ela prestar solidariedade ao atual vice-prefeito de Cajazeiras, Júnior Araújo (PTB), que teve o contrato interrompido de uma empresa de hemodiálise de familiares seus com o Governo do Estado. Júnior contrariou Carlos Antonio nas eleições de 2014, e votou com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) para governador.
______________________
LEIA MAIS
Após pedido de desculpas, RC aceita nova indicação de Carlos Antonio para Casa Civil

www.reporteriedoferrerira.com Wscom