BESSA GRILL
Início » Destaque » Dilma pede que Temer cuide apenas das questões mais importantes da articulação política

Dilma pede que Temer cuide apenas das questões mais importantes da articulação política

24/08/2015 15:26

Saída de Temer da função não está descartada, mas presidente pediu que ele cuide das questões mais importantes da função
Em reunião nesta segunda-feira (24) a presidente Dilma Rousseff apelou ao vice-presidente Michel Temer para que ele continue à frente da articulação política do governo, no entanto, cuidando das principais questões que envolvem o diálogo do governo com o Congresso e outras instituições.

Janine Moraes/Agência CâmaraPara Ibsen, o PMDB é periférico, está fora do centro do governo, mesmo com a convocação de Michel Temer para “remendar” a articulação política (Arquivo)cegt3fcbdnx0mltptzjl31ln8
Temer passaria a não cuidar do varejo, função que ficaria a cargo do ministro da Secretaria da Aviação Civil (SAC), Eliseu Padilha, até setembro, quando o minsitro passaria a se dedicar exclusivamente à pasta da qual é titular.

Até lá, Dilma arrumaria outro nome para auxiliar Temer na função. Padilha já é um dos principais auxiliares de Temer na articulação política. Da reunião com a presidente, além de vice e Padilha, participou o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante.
Após o encontro, Temer deixou o Planalto direto para o Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência, sem falar com a imprensa.

O governo ainda anunciou nesta segunda o corte de dez pastas. A redução foi anunciada pelo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, após a reunião da coordenação política também nesta manhã. Barbosa alegou a necessidade de intensificar ações de redução de despesas de custeio.

Além da extinção de pastas, Barbosa também anunciou que o governo fará cortes de cargos comissionados no Executivo sem, no entanto, apontar o número de cargos a serem cortados. Atualmente, o número de cargos comissionados no governo é de certa de 22 mil.

www.reporteriedoferreira.com Por Ig