Em um placar unânime, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) rejeitou, em julgamento nesta quinta-feira (5), o pedido do ex-deputado e presidente estadual do Patriota, Janduhy Carneiro, para que o mandato de Felipe Leitão (DEM) fosse cassado por infidelidade partidária.

A defesa de Janduhy alegava que Felipe Leitão teria cometido infidelidade partidária ao deixar o Patriota para se filiar ao Democratas.

A defesa de Felipe Leitão, por sua vez, alegou que o prazo para contestação de desfiliação já tinha terminado quando a ação foi apresentada.

Nas redes sociais, em uma foto ao lado do pai, Mikika, Felipe Leitão comemorou o resultado: “Vencemos mais uma. “Vencemos mais uma. O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), acaba de votar por 7X0 (Unanimidade), a improcedência da ação por infidelidade partidária movida pelo ex-deputado Janduhy Carneiro (Patriotas), que pedia a cassação do mandato eletivo do deputado estadual Felipe Leitão (DEM). Em Outrora tínhamos considerado a ação ‘natimorta’. Eu agradeço ao brilhante e exitoso trabalho do TRE e seus magistrados competentes. Em agradecimento especial; Rodrigo Lima Maia e Fábio Brito Ferreira. Agradeço ao povo paraibano e meu Deus. Pois, ninguém derrota quem Deus escolheu para vencer Ninguém derrota a quem Deus protege. Tudo é dele! Gratidão”, postou. ”

O placar foi de 7 x 0.

Redação