BESSA GRILL
Início » Política » Couto propõe novo PT, admite Senado, apoia Ricardo, mas aliança depende de 2014

Couto propõe novo PT, admite Senado, apoia Ricardo, mas aliança depende de 2014

Deputado prevê novidades em termos de apoio à sua proposta de presidir o PT estadual

9/08/2013 18:48

LUIZ_COUTO_01O deputado federal Luiz Couto confirmouque formalizará nesta sexta-feira (09) a sua candidatura ao PED (Processo de Eleição Direta) no Partido dos Trabalhadores (PT), prevendo novidades em termos de apoio à sua proposta de presidir o PT estadual.

Couto propõe mudanças conceituais e estruturantes para afastar a condição cartorial reaproximando – se mais das bases sociais. Ele admitiu que, se houver condições amplas no próximo ano pode ser candidato ao Senado.

Ratificando o apoio político ao governador Ricardo Coutinho, observou que a manutenção desse acordo depende da decisão do Congresso do PT em dezembro, pois se conduzira com base primeiro na reeleição de Dilma Rousseff (PT).

O deputado disse também que amanha será o registro de sua chapa e sua mensagem é a de renovar o partido. Ele defende que o PT seja protagonista em alianças. “Precisamos ser protagonistas de outros aliados, a exemplo de PMDB e PP. Agora é a vez no PT na Paraíba, misturar é desserviço”, disse.

Couto acrescentou entender que a atual direção abandonou a militância e impede que o partido faça seu papel.

Wscom