BESSA GRILL
Início » Política » Com vitória de Galdino quase certa para o 1° biênio, deputados dialogam agora sobre presidência da Casa a partir de 2021

Com vitória de Galdino quase certa para o 1° biênio, deputados dialogam agora sobre presidência da Casa a partir de 2021

26/01/2019 00:10

 

Com vitória de Galdino quase certa para o 1° biênio, deputados dialogam agora sobre presidência da Casa a partir de 2021

No próximo dia 1° de fevereiro está prevista para a acontecer a Eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba para o Biênio 2019-2020. Para que a eleição referente ao 2° Biênio aconteça é necessário que um dos parlamentares apresente um requerimento fazendo esta solicitação. Nos bastidores, parace ser bem provável que este pedido seja feito e, desta forma, a Paraíba saberá quem irá presidir o Poder Legislativo pelos próximos quatro anos.

O deputado estadual Adriano Galdino, que já presidiu a Casa de 2015 a 2017, deve voltar ao cargo, já que aparece como favorito entre os pares. No entanto, para o 2° Biênio, quem tem conquistado apreços é o deputado Hervázio Bezerra, líder da bancada governista nos últimos quatro anos.

Esta semana, Hervázio apareceu como favorito de vários parlamentares, a exemplo do próprio Adriano Galdino (PSB), Genival Matias (AVANTE), Júnior Araújo, (AVANTE), Manoel Ludgério (PSD) e Wilson Filho (PTB).

Para Adriano Galdino, a proximidade com o líder do Poder Executivo credenciam a ele e Hervázio para gerir o Legislativo. “Hervázio e eu somos candidatos da base do governo e temos a simpatia do governador João Azevêdo e do ex-governador Ricardo Coutinho”, pontuou.

Genival Matias tornou público seu voto nesta sexta-feira (25). Ele disse que para o 1° Biênio votará em Galdino. “Fica oficializado o meu apoio e confiança no deputado Hervázio Bezerra, um grande amigo que tenho e merece essa oportunidade de comandar o legislativo paraibano”, declarou.

O ex-deputado federal Wilson Filho, que chegou a colocar seu nome a disposição na disputa pelo 2° Biênio, fez questão de deixar claro que caso Hervázio venha a ser o candidato da base governista, votará nele. “O comando do processo está nas mãos de João Azevêdo. Se for escolhido Hervazio, eu voto nele. Sou parte do governo”, disse.

Na última quinta-feira (24), o deputado da região de Campina Grande, Manoel Ludgério, foi mais um a sinalizar voto no líder da bancada governista. “Se Hervazio for realmente candidato, tem minha simpatia”, afirmou Ludgério.

Para o novato Júnior Araújo, as eleições de Adriano Galdino e de Hervázio Bezerra já estão consolidadas. “Eu acredito que esteja praticamente certo. Não tem nada que impeça isso até 1º de fevereiro, acho que está bem consolidado: Adriano e Hervázio”, garantiu o parlamentar.

Os deputados da oposição devem se encontrar na próxima segunda-feira para anunciarem o voto da bancada.

 

www.reporteriedoferreira.com.br Por PB Agora