BESSA GRILL
Início » Política » Cida Ramos diz que é preciso resgatar projeto progressista implantado por Ricardo

Cida Ramos diz que é preciso resgatar projeto progressista implantado por Ricardo

Na avaliação de Cida Ramos, é preciso resgatar o projeto progressista que viveu João Pessoa anos atrás.

22/05/2016 09:01

H6YVOV-1A pré-candidata à Prefeitura de João Pessoa, Cida Ramos, destacou a importância de um projeto sensível para a gestão da capital paraibana, um modelo de administração pública que volte a entender as reais necessidades do seu povo. Cida participou ontem (21) de um diálogo com moradores do bairro de Mangabeira.

Diante das questões postas pela população, a professora lembrou da época em que o PSB esteve a frente da administração municipal. “Precisamos devolver a cidade ao seu povo. A prefeitura se isolou da população, precisamos voltar ao que viveu João Pessoa na gestão de Ricardo Coutinho, que construiu um projeto baseado no diálogo com as pessoas, através do Orçamento Democrático. Isso deixou de existir e, com isso, se deixou de entender o que deseja o povo”, destacou a professora.
Na avaliação de Cida Ramos, é preciso resgatar o projeto progressista que viveu João Pessoa anos atrás. “Quando prefeito, Ricardo Coutinho criou equipamentos de referência na cidade, como a Estação Ciência e o Terminal de Integração, reconstruiu o Mercado Central, criou diversas praças para os jovens, escolas com recursos próprios. Quando eleito, Cartaxo pegou a cidade numa situação extremamente favorável, mas ele estagnou seu crescimento. Em três dias de chuva, nossa cidade se desmancha. Isso é no Centro, no Valentina, nos Bancários, no Bessa, tudo em função da ausência de drenagem, pavimentação e do cuidado diário com a coisa pública”, disse.
A deputada estadual Estela Bezerra também esteve na plenária com os moradores de Mangabeira e reforçou a importância de se recuperar a sensibilidade e a eficiência na gestão municipal. “A malha sul da cidade concentra mais de um terço da população de João Pessoa e hoje está abandonada. O Trauminha, por exemplo, se paga para entrar e se reza para sair. Nossa cidade está precária. Assistimos em 2012 o prefeito atual prometer a construção do Hospital da Mulher, em Mangabeira, e nada foi feito. Ele sequer conserva e faz funcionar o que já tínhamos antes de sua gestão. Para mudar isso precisamos de uma pessoa com sensibilidade e trajetória. Cida sempre venceu todas as adversidades sem precisar de compaixão. Tudo que fez foi por sua capacidade. Essa cidade precisa voltar a crescer com um olhar amplo, sensível e com compromisso social”.
Uma das presentes na plenária foi dona Júlia Lopes Bezerra, de 72 anos. Moradora do Condomínio Cidade Madura, empreendimento criado pelo Governo do Estado para garantir moradia de qualidade e com acessibilidade aos idosos, a aposentada falou da importância de uma administração sensível às necessidades do povo. “Minha vida mudou completamente desde que comecei a morar no Cidade Madura. A gente tem moradia adaptada para os idosos e também espaços de convívio e lazer para os moradores. A gente não fica isolada do mundo, conversa com as amigas que também moram no local. Isso nos faz muito bem. Esse tipo de projeto só quem faz é quem se preocupe com a população. Quem tem sensibilidade e vontade de trabalhar para o povo. Por isso confio que Cida vai continuar nos ajudando, porque ela entende nossas preocupações”.
www.reporteriedoferreira.com