BESSA GRILL
Início » Política » Cícero Lucena propõe parceria entre estado e municípios

Cícero Lucena propõe parceria entre estado e municípios

Senador propõe parceria entre estado e municípios para intensificar as ações em segurança pública

26/04/2013 18:29

Preocupado com o aumento da criminalidade no país e em especial na Paraíba, o senador Cícero Lucena (PSDB-PB) fez um apelo aos governantes, no sentido de intensificar as ações em segurança pública. Conforme lembrou, no ano 2000, a Paraíba ocupava o 20º lugar no ranking estadual de violência, com índice de criminalidade abaixo da média nacional, passando para a sexta posição, em 2010, de acordo com o Mapa da Violência, organizado por Julio Jacobo Waiselfiz, com apoio do Ministério da Justiça.

Cícero Lucena disse que a responsabilidade com a segurança pública deve ser compartilhada entre União, estados e municípios. Ele recordou a proposta de campanha que realizou na disputa eleitoral de 2012, em João Pessoa, quando propôs a adoção das câmeras de monitoramento e o detector de disparo – já utilizado com êxito em Canoas (RS). “Esse sistema utilizado nos Países de primeiro mundo rapidamente localiza onde foi o disparo e aciona a Polícia e o SAMU para tentar prender o responsável e, o mais importante, socorrer a vítima”, justificou.

O senador se comprometeu em destinar sua emenda de bancada no Orçamento do próximo ano, para o desenvolvimento por parte do governo da Paraíba e dos grandes municípios do estado de sistemas de tecnologia na área de segurança pública. O parlamentar pediu especial atenção para a capital do Estado, pois informou que foram registrados dez homicídios na grande João Pessoa nas últimas doze horas. “João Pessoa, que já foi considerada a Capital mais pacata desse país, hoje está vivendo essa situação. Não quero encontrar responsáveis, quero encontrar parceiros para nos juntarmos e enfrentarmos essa grave situação, que tira a tranquilidade das famílias e dos jovens”, disse.

Policiais

Entre as medidas a serem adotadas, Cícero Lucena incluiu a recuperação dos salários de agentes de segurança pública do estado e a possibilidade de policiais civis e militares terem “uma carreira compensadora e atraente”. Também defendeu a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300/2008, que estabelece piso salarial nacional para policiais e bombeiros militares.

da Redação (com assessoria)