BESSA GRILL
Início » Política » Charliton: “PT defende candidatura própria e critica postura do STF e da Mídia”

Charliton: “PT defende candidatura própria e critica postura do STF e da Mídia”

7/12/2013 00:05

O presidente eleito do Partido dos Trabalhadores, professor Doutor Charliton Machado, toma posse nesta sexta-feira à noite, na OAB, defendendo candidatura própria para a disputa de 2014 buscando manter a Unidade do Blocão (PP, PSC, PEN) visando conquistar o Governo do Estado e outros cargos. Ele criticou a postura do STF na condução do processo de prisão de condenados do Mensalão pela forma de espetáculo que vem dando ao caso ferindo princípios do Direito, bem como setores da Grande Midia que atacam o partido mas escondem os escândalos de São Paulo e de partidos da Oposição, a exemplo do PSDB.

Para ele, outro ponto importante a ser deflagrado a partir da reunião do Diretório Estadual no próximo dia 21 de Dezembro é a unificação do PT para gerar ações unificadas na disputa de 2014, tanto em nível estadual quanto nacional.

Charliton Machado disse ainda, em entrevista ao WSCOM, que espera até o próximo dia 21 ver os petistas com vínculos com o Governo do Estado estarem entregando os cargos porque o partido não aceita convivência com o governador Ricardo Coutinho à quem trata na condição de Oposição.

– Há uma decisão tomada pela Executiva, portanto, esperamos que até o dia 21 estejamos com todos os cargos entregues – afirmou ele, admitindo que em caso negativo o partido tomará medidas estatutárias no Código de Ética podendo gerar o afastamento de quem descumprir a decisão.

Quanto à postura do STF, ele disse que o PT respeita a Justiça mas espera que ele aja menos com holofote mas abrigando os princípios do Direito negados aos integrantes do partido presos em regime fechado quando deveriam estar sendo tratados pelo regime semi-aberto.

Walter Santos