BESSA GRILL
Início » Política » Cássio acredita em sucesso no TRE e promete transformar a Granja em parque

Cássio acredita em sucesso no TRE e promete transformar a Granja em parque

Senador apresentou propostas e falou sobre os pedidos de impugnação de sua candidatura ao Governo do Estado.

4/08/2014 15:16

Cássio concedeu entrevista a Rádio Arapuan FM (Crédito: Reprodução / Facebook / Nilvan Ferreira)

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) prometeu derrubar os muros da Granja Santana, residência oficial do governador do Estado, caso seja eleito para o cargo, nas eleições de outubro próximo. De acordo com o tucano, a área será transformada em uma espécie de parque público, com áreas de convivência, passeio e prática de esportes.

“Vamos abrir a Granja. Vamos fazer um parque, uma área de convivência para as pessoas. Faço aqui um compromisso, que se eleito governador, vamos derrubar os muros da Granja e fazer uma grande praça, onde possa ser feita caminhada, exercício físico e promover o lazer para as pessoas”, disse o candidato em entrevista à Rádio Arapuan FM.

Sobre o julgamento desta tarde, no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), quando serão analisado o pedido de registro e os pedidos de impugnação da sua candidatura a governador, com base na Lei de Ficha Limpa, o senador afirmou que a sua expectativa é que o pedido será deferido.

“Não há pena que seja eterna, o período de inelegibilidade de três anos já foi cumprido e, mesmo, o de oito anos também já foi cumprido”, argumentou, para emendar em seguida: “O Ministério Público procura sempre endurecer a lei. Mas com toda a vênia, não há como sustentar esse argumento de uma forma minimamente razoável”.

Cássio ainda disse que o argumento do Ministério Público Eleitoral (MPE) de que a eleição termina com o resultado do segundo turno, não tem lógica. “O segundo turno é suplementar, senão eu teria que tirar novo registro. O segundo turno existiu para o eleitor, mas para a Justiça foi anulado. Para a justiça eleitoral o segundo turno sequer existiu”, explicou.

Concursos públicos

O tucano ainda afirmou que pretenderá realizar concurso público para as polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, entre outras carreiras do funcionalismo público. “Quero valorizar o mérito das pessoas e acabar, de vez, com a prática nefasta do pistolão, de que as pessoas tem que conhecer algum político para poder entrar no serviço público”, disse.

LEIA MAIS

CLICK AQUI   Harrison apresenta argumentos no TRE pontuando elegibilidade de Cássio

 

Da Redação