BESSA GRILL
Início » Destaque » Câmara encerra sessão em luto pela morte de Eduardo Campos

Câmara encerra sessão em luto pela morte de Eduardo Campos

14/08/2014 14:25

 

KGWVJ_-1O primeiro-secretário da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), vereador Benilton Lucena (PT), encerrou a sessão ordinária desta quinta-feira (14) em luto pela morte do candidato a presidente e ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB). O parlamentar lamentou o acidente aéreo que vitimou o político pernambucano, na manhã da quarta-feira (13), e afirmou que a Mesa Diretora da Casa estava prestando solidariedade e condolências à família.

“Toda a classe política está enlutada com essa tragédia fora do comum e inesperada. Eduardo Campos era um homem que fazia uma política séria e transparente, então a perda não é só para Pernambuco nem para o Nordeste, mas para o País inteiro”, afirmou o petista.

O presidente da CMJP, vereador Durval Ferreira (PP), também se pronunciou na quarta-feira (13) sobre o falecimento de Eduardo Campos. “Perdemos uma grande pessoa e um dos políticos mais atuantes do Brasil, uma grande liderança que vinha fazendo um excelente trabalho. Temos muito a lamentar”, disse.

Cidadania – Em dezembro de 2013, o vereador Renato Martins (PSB) entregou o Título de Cidadão Pessoense a Eduardo Campos, em sessão solene realizada no auditório da Faculdade Maurício de Nassau. Na ocasião, o parlamentar disse que o trabalho do então governador pernambucano orientava sua própria atuação na CMJP e classificou como promissor seu futuro no cenário nacional.

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), também participou da solenidade e lembrou que foi através de parceria com Eduardo Campos, enquanto era ministro da Ciência e Tecnologia, que foram viabilizadas as obras da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes.

Já o homenageado externou a alegria por ser adotado como mais um filho de João Pessoa e não poupou elogios à Capital paraibana. “Todo nordestino tem um pouco de paraibano, de sua bravura e de sua altivez, inspirando-se na capacidade de fazer páginas tão bonitas como os paraibanos fizeram na história brasileira, e eu me sinto mais comprometido ainda com o Nordeste brasileiro e com a integração dos nossos estados, sobretudo dizendo a todos os pessoenses que aqui existe alguém que está se colocando à disposição para contribuir com os sonhos e as lutas do povo paraibano e de João Pessoa. É a única forma que eu tenho de retribuir a essa distinção e a essa generosidade”, comentou Eduardo Campos.