BESSA GRILL
Início » Política » Contador de Cachoeira se entrega à PF em Goiás

Contador de Cachoeira se entrega à PF em Goiás

Giovani Pereira da Silva foi condenado a 13 anos e 4 meses de prisão

14/01/2013 21:36

O contador do bicheiro Carlinhos Cachoeira, Giovani Pereira da Silva, se entregou nesta segunda-feira à Polícia Federal em Anápolis (GO), depois de quase um ano foragido. Segundo o advogado Calisto Abdala, o contador já não aguentava mais viver longe da família e fugindo da polícia. Ele também estava com medo de morrer em uma eventual ação policial.

— Durante a apresentação ele tremia dos pés a cabeça, não conseguia nem falar, mesmo consciente que seria preso — disse o advogado.

Abdala sustenta ainda que Giovani passou quase um ano foragido, mas sem sair de Goiás. Ele teria se escondido em uma chácara. O advogado vai entrar com pedido no Tribunal Regional Federal (TRF) para a revogação da prisão do contador.

No sábado, O GLOBO adiantou que o advogado Calisto Abdala estava negociando com a PF os termos da apresentação de Giovani. O contador foi condenado por corrupção e formação de quadrilha a 13 anos e 4 meses de prisão pelo juiz Alderico Rocha Santos, da 5ª Vara Federal de Goiás, em 7 de dezembro. Giovani está foragido desde 29 de fevereiro do ano passado, quando teve início a fase pública da Operação Monte Carlo. Desde então, ele está na lista dos mais procurados da Polícia Federal.

A estratégia da defesa ao fazer com que Geovani se entregue é pedir em seguida o habeas corpus. A defesa quer seguir o mesmo caminho dos demais condenados, que estão em liberdade.

G1