BESSA GRILL
Início » Policiais » Violência impera durante às 24h na Grande João Pessoa

Violência impera durante às 24h na Grande João Pessoa

12/02/2015 23:24

 

plantao-policial-ultimas-noticiasAs horas em que o bloco Muriçocas do Miramar desfilava na Avenida Epitácio Pessoa também foram de violência e tragédias em João Pessoa, entre a noite desta quarta-feira (11) e a madrugada desta quinta-feira (12). Acidentes, facada, assassinato, abordagem policial desobedecida e outros casos marcaram a região. Confira:

Madrugada de quinta-feira

Policial resiste à abordagem

Um soldado da Polícia Militar foi baleado após resistir a uma abordagem policial feita na Avenida Epitácio Pessoa na madrugada desta quinta-feira (12) após a passagem do bloco Muriçocas do Miramar. Segundo informações da PM, ele estava em uma moto com placa coberta, sem capacete e não queria parar o veículo para conversar com a equipe. Identificado como Davi Cristino das Neves Pereira, 30 anos, ele foi baleado e conduzido pela viatura da PM até o Hospital de Emergência e Trauma, onde passou por cirurgia e segue em estado regular, segundo boletim médico divulgado nesta manhã.

Baleado no Castelo Branco

Um homem foi baleado no bairro Castelo Branco por volta das 2h30 desta quinta-feira. Ele foi identificado como José Carlos Barbosa Filho, de 47 anos. O paciente foi socorrido por carro particular até o Hospital de Trauma, foi operado e segue em estado grave. As causas do atentado e o autor do crime são desconhecidos.

Agredido no Cabo Branco

Um jovem identificado como Maxwuell Breno Gonçalves da Silva, de 19 anos, foi vítima de agressão física no bairro do Cabo Branco também na madrugada de hoje. Ele foi salvo por uma ambulância da Polícia Rodoviária Federal (PRF), passou por cirurgia e segue em estado regular no Hospital de Trauma da Capital.

Facada no Miramar

Mateus de Sousa Figueiredo, de 19 anos, foi esfaqueado no bairro de Miramar. Ele foi socorrido pelo Samu e encaminhado ao Hospital de Trauma e segue internado em estado grave. O autor e motivo do crime não foram esclarecidos. O fato aconteceu na hora em que o desfile do bloco Muriçocas do Miramar passava pela Avenida Epitácio Pessoa.

Noite de quarta-feira

Atropelado no Castelo Branco

Um homem identificado como Klerisson Marinho da Costa, de 35 anos, foi atropelado no bairro Castelo Branco. Ele foi socorrido pelo resgate da PRF e atendido no Hospital de Trauma, onde está internado em estado grave.

Colisão entre carro e caminhão

Um suposto policial civil colidiu na lateral de um caminhão na BR-230 na noite dessa quarta-feira (11), no sentido Bayeux-João Pessoa. O condutor ficou ferido e preso às ferragens, sendo necessária a abertura de um buraco no teto do veículo para que ele pudesse ser retirado.

O caminhão estava parado na lateral da rodovia quando a colisão aconteceu. O homem foi socorrido por uma ambulância de resgate da Polícia Rodoviária Federal (PRF) até o Hospital de Trauma da Capital. Ele foi internado em estado grave, mas, segundo informações da unidade, a vítima encontra-se, no momento, em estado regular.

Adolescente baleado

Um adolescente de 17 anos foi baleado com três tiros no bairro Alto da Boa Vista, em Bayeux, região metropolitana de João Pessoa. Dois disparos atingiram as costas do menor de idade e ele foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital de Trauma. O jovem foi submetido a cirurgia e, segundo boletim médico divulgado na manhã de hoje, o quadro clínico é grave.

www.reporteriedoferreira.com