BESSA GRILL
Início » Policiais » Trio tenta assaltar Correios e exige imprensa para liberar reféns na PB

Trio tenta assaltar Correios e exige imprensa para liberar reféns na PB

30/11/2016 05:40

Tentativa de assalto aconteceu no município de Juarez Távora.
Seis pessoas foram feitas reféns por dois homens armados.

Cinco pessoas foram feitas reféns dentro da agência dos Correios em Juarez Távora (Foto: Volney Andrade/TV Cabo Branco)Cinco pessoas foram feitas reféns dentro da agência dos Correios em Juarez Távora (Foto: Silvia Torres/TV Cabo Branco)

Uma agência dos Correios, do município de Juarez Távora, Agreste paraibano, foi alvo de uma tentativa de assalto na manhã desta terça-feira (29). De acordo com a Polícia Militar, seis pessoas foram feitas reféns por um homem e dois adolescentes armados, que exigiram a presença da imprensa no local para liberar as vítimas.

Conforme a PM, a polícia foi informada pela população de que havia algo errado com a agência dos Correios, já que ela havia sido fechada muito antes do normal. Imediatamente, a polícia cercou o prédio e confirmou a suspeita de assalto.

O comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Arílson Valério, disse que um dos suspeitos, que é da cidade de Juarez Távora, chegou a pé à agência enquanto os outros dois, que são da cidade de Cabedelo, chegaram em uma moto.

A polícia informou que os suspeitos exigiram a presença da imprensa para, em seguida, libertarem os reféns e se entregarem. Durante as negociações entre os homens e a Polícia Militar, um dos suspeitos chegou a atirar para o alto, mas de acordo com as primeiras informações, ninguém ficou ferido com o disparo.

Com os suspeitos, foram apreendidos três revólveres, um deles roubado juntamente com o colete do vigilante da agência, além de uma moto que havia sido roubada no último domingo (27), em João Pessoa, para ser usada nesse assalto.

Com a chegada da imprensa no local, os reféns começaram a ser liberados pelos suspeitos. Em seguida, eles se entregaram. Os adolescentes envolvidos na tentativa do assalto têm 17 e 16 anos, tendo o primeiro já cumprido medida socioeducativa por tráfico de drogas. Os três foram levados para a Delegacia da Polícia Federal, em Campina Grande.

www.reporteriedoferreira.com