BESSA GRILL
Início » Policiais » Suplente de vereador acusa prefeito de tentar matá-lo por causa de postagem em facebook

Suplente de vereador acusa prefeito de tentar matá-lo por causa de postagem em facebook

2/10/2018 07:19

O suplente de vereador Reginaldo Antônio da Silva (PSB), conhecido como “Val Machado”, prestou queixa na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Itabaiana-PB, na tarde desta segunda-feira, dia 1º, acusando o prefeito municipal de Salgado de São Félix, Adjailson Pedro de Andrade Silva (Democratas) de tentar matá-lo por volta das 22h do último sábado.  O chefe do executivo municipal, juntamente com o cunhado Antônio Cesar, um sobrinho de sobrenome Dênis”, o motorista conhecido como “Júnior” e um policial militar reformado chamado de “Andrade”, todos fortemente armados com pistolas e armas calibre 12, teriam invadido a propriedade do denunciante na tentativa de executá-lo.

Val Machado, denunciante

O homicídio, de acordo com o Boletim de Ocorrência feito ao delegado Eduardo de Almeida Lima Portela não se concretizou por que a vítima conseguiu fugir, pulando cercas e entrando no matagal próximo à sua moradia. A justificativa para a tentativa de homicídio, conforme o suplente de vereador Reginaldo Antônio da Silva deve-se ao fato de uma postagem no facebook, referente ao anúncio de pagamento dos salários do mês de setembro aos motoristas da Prefeitura Municipal de Salgado de São Félix.

“Se o pagamento for em cheque, tenham muito cuidado”, postou o suplente de vereador Reginaldo Antônio da Silva referindo-se ao anúncio do pagamento dos vencimentos dos motoristas. A postagem de Val Machado não agradou ao prefeito Adjailson Andrade que teria rebatido as declarações afirmando que “Cuidado deve ter você que paguei vários meses e o senhor nunca honrou e trabalhou, por isso botei para fora. Na minha gestão só recebe quem trabalha. O senhor não quis trabalhar, então exonerei”.  

Diante do bate boca no facebook entre o prefeito de Salgado de São Félix, Adjailson Andrade e o suplente de vereador, Reginaldo Antônio da Silva, o cunhado do chefe do Executivo Municipal, Antônio Cesar resolveu tomar as dores e saiu na defensiva chamando Val Machado de vagabundo. “Muito bem prefeito, manda esses vagabundos trabalhar se quiser receber. Pagamento antecipado não é pra qualquer um não. Quem sabe se esse que lhe critica vivia ganhando sem querer trabalhar também não ia receber hoje. Vai trabalhar rapaz se tu quiser receber”, teria postado o cunhado do prefeito.

Diante dos confrontos entre o prefeito Adjailson Andrade, seu cunhado Antônio Cesar e o suplente de vereador, Reginaldo Antônio, a situação se agravou e foi ate às vias de fatos, conforme o denunciante, que afirmou na Polícia dizendo que “estava em sua residência, cujo imóvel rural é devidamente cercado com entrada principal com porteira, ocasião em que esta foi arrombada, sendo o imóvel nessa hora invadida pelos acusados.

Adjailson Andrade, prefeito municipal de Salgado de São Félix confirmou ter ido à residência do suplente de vereador Val Machado, mas não para agredi-lo. “Estive lá para conversar com o pai dele sobre o que ele fez na residência de minha irmã, quando, invadiu a propriedade alheia e desrespeitou a todos. Fui na propriedade dele apenas para comunicar ao pai dele o ocorrido e pedir que tomasse as providências”, afirmou o prefeito por telefone. As declarações do prefeito contrariam contundentemente a um áudio gravado por testemunhas que estavam na residência quando Adjailson chegou na propriedade do suplente de vereador. No áudio se ouve uma possível voz do prefeito pedindo que o suplente de vereador saísse da residência para ver o que iria acontecer.

A irmã do prefeito, também nesta segunda-feira, dia 1º, fez um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Salgado de São Félix. Alzirene Maria de Andrade Vieira relatou que Val Machado teria proferido palavras de baixo calão, além de urinar no portão da residência, fato este contestado pelo suplente de vereador.

por: Marcos Lima