BESSA GRILL
Início » Policiais » Sequestro relâmpago de vereador teria sido meio de fuga para assassino

Sequestro relâmpago de vereador teria sido meio de fuga para assassino

27/02/2015 12:13

 

f520b3a54120150227092645Carro de vereador de Pilões foi usado para fuga de autor de homicídio
O sequestro relâmpago sofrido pelo vereador João Filho, de apenas 24 anos, que aconteceu na cidade de Pilões, na noite desta quinta-feira (26) parece estar relacionado com uma fuga do acusado de um homicídio. Segundo informações da Polícia Militar, o homem teria assassinado um acompanhante dele que estava na motocicleta usada pelos dois e buscava fugir do local quando abordou o parlamentar e amigos.

De acordo com a PM, o suspeito teria parado no meio da estrada, esfaqueado com 13 perfurações o companheiro da moto e esperado em um matagal alguém passar e tentar socorrer o ferido. Como aconteceu, o vereador João Filho, a companheira e amigos pararam para ajudar e foram abordados pelo acusado, que tinha se escondido no acostamento.

Segundo relatos da região, uma das vítimas da abordagem foi identificada como José Adílio, de 26 anos, que seria filho de Antônio Preto, ex-presidente da Câmara Municipal de Pilões. Ainda com base nas informações da polícia, as vítimas teriam declarado na delegacia que o sequestrador contava no carro que tinha matado o homem a facadas por vingança pela morte de seu irmão.

A moto usada pelo sequestrador e vítima de facadas, assassinado na estrada antes do sequestro relâmpago, teria sido roubada em Guarabira, no domingo de carnaval. O vereador e o amigo que foram levados no sequestro relâmpago não foram feridos e prestaram depoimento na delegacia local.

Amigos do parlamentar publicaram várias mensagens de apoio a ele em rede social.

www.reporteriedoferreira.com  Agências