BESSA GRILL
Início » Policiais » Sábado de Aleluia tem cinco assassinatos em menos de quatro horas; três em Baía da Traição

Sábado de Aleluia tem cinco assassinatos em menos de quatro horas; três em Baía da Traição

4/04/2015 23:05

AViolenciaTrês pessoas foram mortas e uma ficou gravemente ferida durante atentado em um bar no município de Baía da Traição, no Litoral Norte do Estado, na madrugada deste Sábado de Aleluia (04). Segundo informações da Polícia Militar, dois homens seriam os alvos já que tinham envolvimento com drogas e eram suspeitos de furtos na região.

O terceiro baleado seria apenas testemunha do crime e por isso foi assassinado. Assim como também o proprietário do bar foi atingido como tentativa de queima de arquivo. Mas ele foi internado em estado gravíssimo no hospital da cidade de Rio Tinto. Ainda não há informações atualizadas se o homem ainda está internado, se morreu ou foi liberado.

O fato aconteceu no bar que fica na Aldeia Sítio São Miguel. Dois homens teriam chegado e, armados, atiraram contra as quatro pessoas baleadas. Josiel Fidélis da Silva, conhecido como Bicudo, de 26 anos, Antônio Balbino de Azevedo, apelidado de Gasolina, de 40 anos, seriam os alvos. Aluízio Bento, o Lula, de 32 anos de idade, foi morto, de acordo com a polícia, apenas por testemunhar as outras execuções. O dono do bar foi identificado como Ezinaldo Barros, de 35 anos.

O Lula, segundo a polícia, ainda tentou esconder-se no banheiro, mas foi perseguido e assassinado. Um tenente da Polícia Militar, o delegado Manoel Idalino, além do cunhado de Ezinaldo conversaram com a equipe da TV Tambaú e os detalhes podem ser conferidos no Caso de Polícia, ao meio-dia, com Abrantes Júnior.

Em João Pessoa

Na Zona Sul da Capital, um jovem foi baleado e socorrido para o Ortotrauma, o Trauminha de Mangabeira. Wellington Freire Barbosa, de 21 anos mais conhecido como MC Canudo, morreu na unidade de saúde após não resistir aos ferimentos. O rapaz foi atingido por disparos na cabeça por volta das 2h da madrugada deste sábado. A motivação do crime e os autores ainda não foram identificados.

Em Campina Grande

Uma mulher foi assassinada a tiros na Rua das Cambedas, no bairro da Malvinas, por volta das 22h50. A vítima foi socorrida para o Hospital de Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo informações, Juliana Dionísio, de 30 anos, estava em casa com três filhos quando foi abordada por dois homens de moto.

www.reporteriedoferreira.com