BESSA GRILL
Início » Policiais » Religioso é detido tentando entrar com arma e dinheiro em presídio

Religioso é detido tentando entrar com arma e dinheiro em presídio

Com o acusado foram apreendidos um canivete e um tesoura, além de R$ 650

1/04/2013 06:52

images pombal

Um homem foi detido na tarde deste domingo de Páscoa na Cadeia Pública de Pombal. Ele fazia parte de um grupo de religiosos da “Pastoral Evangélica” e foi pego tentando entrar no presídio com quatro objetos cortanes e perfurantes. Os agentes de plantão perceberam que um integrante da “PASTORAL EVANGÉLICA” identificado como Sebastião Coelho de Santana estava em atitude suspeita e muito nervoso.

O religioso foi submetido a uma revista criteriosa, conforme determinação do Secretário Walber Virgolino e preceitua a RESOLUÇÃO Nº 002/CECP/2013, baixada pela SEAP no dia 27 de fevereiro de 2013, no art. 3º Parágrafo Único: (A revista, de caráter íntimo ou pessoal, constitui-se uma exceção, e deverá ser realizada quando houver denúncia ou fundamentada suspeita de anormalidade, observando-se, como regra geral, o discernimento e o que dispõe a Lei Estadual nº 6.081/2000).

Fruto da revista, os plantonistas, encontraram na posse do religioso, os seguintes objetos: 01 Arma Branca (canivete), 02 Objetos Perfuro-cortantes, 01 Tesoura, uma quantia de R$ 660,00 (seiscentos e sessenta reais).

O que chamou a atenção dos agentes também foi a quantidade de roupas que o evangélico usava por baixo do terno: 06 camisas e 05 shorts, o que levantou a suspeita de um possível plano de fuga dos apenados, hajam vista que na Cadeia Pública de Pombal os apenados usam fardamento padrão, sendo proibida a entrada de roupas convencionais.

O cidadão foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

Já são mais de 60 pessoas presas em flagrante em toda Paraíba dentro ou tentando entrar com objetos ilícitos no Sistema Prisional da Paraíba.

O secretário da Administração Penitenciária, Wallber Virgolino, disse que a apreensão é resultado da atenção redobrada nas unidades prisionais do Estado e da experiência e do treinamento dos Agentes Prisionais. “Aproveito até para parabenizar os agentes pelo compromisso com o trabalho. Entenderam amensagem passada que só a reconhecimento financeiro e estrutural com trabalho. O plantão e a Direção estão de parabéns”, disse Wallber.

Da redação com assessoria