BESSA GRILL
Início » Policiais » Polícia registra três mortes violentas na Paraíba na manhã deste domingo,22

Polícia registra três mortes violentas na Paraíba na manhã deste domingo,22

22/04/2018 17:27

Acidente mata jovem morto na manhã deste domingo na PB-323

Um jovem morreu na manhã deste domingo (22) em uma grave acidente na PB-323, rodovia que liga as cidades de Bom Sucesso, no Sertão paraibano, a Alexandria, no Rio Grande do Norte.

Segundo as informações, o jovem era morador da cidade de Brejo dos Santos, na Paraíba, e retornava para casa após uma vaquejada no Rio Grande do Norte.

Ele teria perdido o controle do veículo e morreu no local.

Homem é execultado a facadas dentro de casa no Grotão

Um homem foi assassinado a golpes de faca, na manhã deste domingo, 22, na Comunidade 1º de abril, no bairro do Grotão, zona Sul de João Pessoa.

De acordo com informações, a vítima identificada como Péricles Antônio foi encontrada na própria casa, entre a sala e o quarto, vestindo apenas cueca e com diversas marcas produzidas por facadas.

No local, os policiais encontraram uma faca ao lado do corpo e muito sangue espalhado no imóvel.  Ainda não há nenhuma informação sobre as circunstâncias nem motivação para o crime, mas a Policia Civil segue com as investigações, para identificar o autor ou autores pela morte do homem.

Agricultor é executado ao chegar em comunidade de Lagoa Seca

A manhã deste domingo foi marcada pela violência para os moradores da comunidade Lagoa do Gravatá, na zona rural do município de Lagoa Seca, Agreste do estado. Era por volta das 10h da manhã, quando o agricultor Josenildo Moreira do Nascimento (foto), de 30 anos, chegava na comunidade e acabou sendo surpreendido por bandidos armados que o assassinaram com vários disparos de arma de fogo.

De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, o rapaz era natural da comunidade onde foi morto, no entanto, atualmente estava residindo em Campina Grande, justamente por conta das ameaças de morte que já vinha sofrendo.

No ano passado, Josenildo havia sofrido um outro atentado. Na ocasião, além de ferido por tiros, os criminosos ainda atearam fogo na casa onde ele morava. O motivo de tanto ódio seria o serviço de agiotagem que ele praticava, inclusive, ainda segundo a PM, a vítima era conhecido pelas transações financeiras irregulares, como por exemplo, a compra e venda de motos com documentação atrasada para pessoas que moram nas comunidades mais distantes da zona urbana.

Na manhã deste domingo (22), Josenildo teria ido até a comunidade justamente cobrar uma dívida e acabou sendo recebido à bala. Pelo menos 5 disparos de arma de fogo atingiram a vítima que morreu na hora, antes de receber qualquer socorro médico.

Josenildo também trabalhou um período como mototaxista clandestino. O caso agora será investigado pelas autoridades policiais que tentam identificar os autores do delito.

www.reporteriedoferreira.com.br