BESSA GRILL
Início » Policiais » Polícia registra dois assassinatos durante plantão

Polícia registra dois assassinatos durante plantão

plantão de ontem sábado(28) para domingo (29) bastante movimentado.

29/12/2013 02:04

“Mago Eduardo” é executado com vários tiros no rosto em Bayeux

“Mago Eduardo” é executado com vários tiros no rosto em Bayeux Na noite desse sábado (14) o jovem Eduardo da Silva Cunha 22 anos, foi executado com vários tiros pistola ponto 40 na Rua Gustavo Maciel Monteiro Centro- Bayeux região metropolitana de JP.

Segunda Informação policial, o  jovem estava com envolvido com  drogas, ha meses passado ele foi preso  no bairro de Tibiri II com carro roubado.

Diz testemunhas que  Eduardo se encontrava fazendo uma ligação no  celular avisando que já estava ao lado da estação ferroviária na calçada quando chegaram dois elementos em uma moto preta e efetuou vários disparos em Eduardo chegando a óbito no local, os dois elementos saíram com destino ignorado n

 

VIOLÊNCIA NO INGÁ – PB: “BIGODE” MATA “BATORÉ” COM TIROS PELAS COSTAS NA FRENTE DOS PAIS E IRMÃOS.

Foi assassinado por volta das 15 h desse sábado, 28 de dezembro, no bairro São José, Edeilson Cabral da Silva, popularmente conhecido como ingá 121“Batoré”, 21 anos de idade, residente na rua projetada, s/n, no mesmo bairro.

As primeiras informações dão conta que o Bigode já tinha rixa com Batoré e estava na tarde desse sábado bebendo nas imediações da casa da vítima, a qual se encontrava dentro de casa. Em dado momento, Bigode pediu a um dos irmãos, Balé, para que chamasse Batoré que queria falar com ele. Quando Batoré saiu e atravessou a rua, Bigode puxou a arma, momento em que Batoré tentou correr de volta para dentro de casa, Bigode atirou nas costas da vítima ainda na rua, a queima roupa, e fez mais três disparos, segundo o pai Edilson, vindo Batoré cair morto na porta da cozinha de sua casa. Segundo comentários, após a prática do crime, Bigode foragiu em sua bicicleta.

Só após a realização da perícia que as informações serão mais corretas e precisas.

Tanto Batoré, a vítima, como Bigode, tem passagens pela polícia e justiça.

Bigode já esteve preso respondendo a processo por homicídio ocorrido em 2008 no sítio Gentil, tendo obtido sua liberdade provisória em dezembro de 2011.

Viaturas da Polícia Militar estão presentes no local e policiais fazem o levantamento do caso, enquanto que outras viaturas saíram em busca do homicida, José Roberto da Silva, mais conhecido como “Bigode”, que foragiu logo em seguida a prática do ato criminoso.

As primeiras informações dão conta que o Bigode já tinha rixa com Batoré e estava na tarde de hoje bebendo nas imediações da casa da vítima, a qual se encontrava dentro de casa. Em dado momento, Bigode pediu a um dos irmãos, Balé, para que chamasse Batoré que queria falar com ele. Quando Batoré saiu e atravessou a rua, Bigode puxou a arma, momento em que Batoré tentou correr de volta para dentro de casa, Bigode atirou nas costas da vítima ainda na rua, a queima roupa, e fez mais três disparos, segundo o pai Edilson, vindo Batoré cair morto na porta da cozinha de sua casa. Segundo comentários, após a prática do crime, Bigode foragiu em sua bicicleta.

Presos fazem ‘corda’ com panos e tentam escalar muro para fugir de presídio na Paraíba

Presos fazem 'corda' com panos e tentam escalar muro para fugir de presídio na ParaíbaAgentes penitenciários e policiais militares evitaram a fuga de três presos no presídio Raymundo Asfora (Serrotão), em Campina Grande, na madrugada deste sábado (28). O plano foi frustrado por volta das 1h10. Os presos fizeram um buraco na parede do Pavilhão 1 e tentaram escalar o muro com uma corda feita de panos, conhecida como ‘Teresa’ ou ‘Alvará’.
Policiais militares que fazem a vigilância das guaritas perceberam a movimentação e acionaram os agentes, que foram até o local e apreenderam a corda e três luvas.

Viaturas da Polícia Militar foram acionadas e chegaram rápido ao presídio para reforçar a segurança na área externa da unidade. Várias rondas foram realizadas no entorno da penitenciária.

Os acusados são José Williams Silva de Souza, Fábio da Silva Santos e Edilson da Costa. Eles foram encaminhados à cela de isolamento e deverão responder administrativamente pelo ato. De acordo com o secretário de Administração Penitenciária, WallberVirgolino, é comum os presos tentarem fugir em períodos de fim de ano.

“Mas essa ação é prova de que nossos agentes e policiais estão atentos. Foi um excelente trabalho desses profissionais”, destacou.

Redação com Agnaldocabuloso