BESSA GRILL
Início » Policiais » Polícia desarticula quadrilha de traficantes

Polícia desarticula quadrilha de traficantes

22/02/2013 02:30

presoUma ação integrada, que contou com a participação de 15 policiais da 3ª. Delegacia Regional de Polícia Civil e 15 policiais militares do 4º BPM, desencadeou, na manhã desta quinta-feira (21), a operação Malhas da Lei, que resultou na prisão de quatro pessoas e na apreensão de dois revólveres e dez pedras de crack. A ação aconteceu no bairro do Rosário, em Guarabira, em cumprimento a três mandados de prisões.

Dentre os presos está um casal que teria cometido um duplo homicídio no dia 24 de novembro de 2012, em Natal, Rio Grande do Norte. Anderson Elias do Nascimento, mais conhecido como “Dinho”, e Daniele da Silva Miranda são foragidos e suspeitos do homicídio de Lorrana Vicente do Nascimento, 29 anos, morta com um tiro na cabeça; e da filha dela de oito anos, que morreu com golpes de faca no pescoço. Os corpos das duas foram encontrados abraçados em cima da cama. De acordo com as investigações, o casal era vizinho das vítimas.

O titular da 7ª Delegacia de Polícia do Rio Grande do Norte, Raimundo Lucena, encontrou na casa do acusado, à época do crime, 29 pedras de crack e uma faca suja de sangue, além de vários objetos utilizados em rituais de magia negra. Anderson Elias do Nascimento era foragido da Penitenciária Estadual de Alcaçuz desde 2009, quando recebeu indulto natalino e não retornou. Ele cumpria pena por homicídio desde setembro de 2005.

Na operação Malhas da Lei ainda foi preso Jordanio Gomes dos Santos, 33 anos, pelo crime de posse de arma de fogo. Ele era foragido da Penitenciária Média de Mangabeira, em João Pessoa, onde cumpria pena pela prática de crime de estupro. Morgana Silva Sousa, de 28 anos, acusada do crime de posse de arma de fogo, também foi presa.

Os delegados Luciano Soares e Ricardo Sena e o tenente coronel Arilson Valério destacaram o trabalho integrado para prender os suspeitos de estarem praticando tráfico de drogas na cidade, inclusive em áreas próximas a escolas. As diligências policiais continuam, com o objetivo de efetuar a prisão de outras pessoas foragidas da Justiça e envolvidas no tráfico de drogas na região, inclusive no aliciamento de menores de idade para a venda de drogas.

Os mandados de prisão foram expedidos pelo juiz da 4ª. Vara de Guarabira, Gilberto Medeiros Rodrigues e os acusados estão presos na Delegacia de Polícia de Guarabira.