BESSA GRILL
Início » Policiais » Polícia Civil interrompe velório,e remove corpo de advogado para fazer perícia no IPC

Polícia Civil interrompe velório,e remove corpo de advogado para fazer perícia no IPC

15/03/2019 09:44

Foto: autor desconhecido.

A Polícia Civil da Paraíba interrompeu na manhã desta sexta-feira (15) o velório e em seguida removeu o corpo do advogado e jornalista Werton Soares, 33 anos, que faleceu ontem (14) em um shopping da Capital. A motivação seria um pedido de perícia cadavérica para investigar um possível atendimento errado no socorro da vítima.

 

A delegada Vanderleia Gadi, da delegacia de Homicídios da Polícia Civil, confirmou a informação e disse que o ato foi motivado via ordem judicial, onde foi até a mortuária e solicitou que o rabecão removesse o corpo até o Instituto de Médico Legal (IML) onde será submetido a perícia cadavérica.

ENTENDA

Inicialmente o caso estava sendo tratado como morte natural, já que as primeiras informações davam conta de que Werton Soares teria morrido após sofrer um infarto. No entanto, a polícia tomou conhecimento de que inicialmente o advogado passou mal e sofreu uma série de convulsões, chegando até a vomitar. Os primeiros socorros foram prestados pelos bombeiros civis do Shopping, que teriam iniciado o procedimento de massagem cardíaca. A suspeita é de que Werton tenha sofrido uma parada cardiorrespiratória, segundo informou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O laudo da perícia cadavérica deverá determinar a exata causa da morte do advogado Werton Soares. A partir desta conclusão, a polícia decidirá como proceder com as investigações e elucidar o caso.