BESSA GRILL
Início » Policiais » Polícia apreende oito quilos de maconha no Altiplano em João Pessoa

Polícia apreende oito quilos de maconha no Altiplano em João Pessoa

Policiais da Delegacia de Homicídio de João Pessoa apreenderam, na noite desta terça-feira (4), cerca de oito quilos de maconha em um terreno baldio, localizado no bairro do Altiplano Cabo Branco. O servente de pedreiro Joel José de Oliveira, 30 anos, também foi preso no local. Segundo os policiais, durante a investigação de um homicídio no Altiplano na noite de ontem eles receberam uma denúncia anônima, através do 197, de que num terreno baldio no bairro em baixo de um sofá velho teria maconha enterrada e dois homens tomavam conta da droga. Os policiais aproveitaram que já estavam no bairro e foram até o local apontado na denúncia. Ao perceber a chegada da polícia um elemento conseguiu fugir, mas Joel José foi preso sentado no sofá. Ao ser abordado, Joel disse que era usuário e estava no local apenas consumindo a droga. A polícia cavou em baixo do sofá e encontrou um tambor enterrado com oito tabletes, de cerca de um quilo cada, com maconha prensada. O acusado negou que estava trabalhando como vigia da maconha e disse que nem sabia que a droga estava lá. No entanto, o delegado de homicídios, Everaldo Medeiros, junto com o delegado de entorpecentes Alan Murilo, fizeram a atuação em flagrante de Joel José, por tráfico de drogas. O acusado será levado para um dos presídios da capital. O fato aconteceu na noite de ontem, mas o acusado e a droga foram apresentados a imprensa apenas na tarde desta quarta-feira (05). Informações e fotos de Aguinaldo Mota

5/09/2012 21:55

Policiais da Delegacia de Homicídio de João Pessoa apreenderam, na noite desta terça-feira (4), cerca de oito quilos de maconha em um terreno baldio, localizado no bairro do Altiplano Cabo Branco. O servente de pedreiro Joel José de Oliveira, 30 anos, também foi preso no local.

Segundo os policiais, durante a investigação de um homicídio no Altiplano na noite de ontem eles receberam uma denúncia anônima, através do 197, de que num terreno baldio no bairro em baixo de um sofá velho teria maconha enterrada e dois homens tomavam conta da droga.
Os policiais aproveitaram que já estavam no bairro e foram até o local apontado na denúncia. Ao perceber a chegada da polícia um elemento conseguiu fugir, mas Joel José foi preso sentado no sofá.
Ao ser abordado, Joel disse que era usuário e estava no local apenas consumindo a droga.
A polícia cavou em baixo do sofá e encontrou um tambor enterrado com oito tabletes, de cerca de um quilo cada, com maconha prensada. O acusado negou que estava trabalhando como vigia da maconha e disse que nem sabia que a droga estava lá.
No entanto, o delegado de homicídios, Everaldo Medeiros, junto com o delegado de entorpecentes Alan Murilo, fizeram a atuação em flagrante de Joel José, por tráfico de drogas. O acusado será levado para um dos presídios da capital.
O fato aconteceu na noite de ontem, mas o acusado e a droga foram apresentados a imprensa apenas na tarde desta quarta-feira (05).


Informações e fotos de Aguinaldo Mota