BESSA GRILL
Início » Cidades » Pais pedem medidas para garantir segurança de filhos e ameaçam ação coletiva contra o GEO

Pais pedem medidas para garantir segurança de filhos e ameaçam ação coletiva contra o GEO

15/03/2019 16:28

Pais de alunos do colégio GEO Tambaú entregaram um documento à direção da escola onde pedem uma série de providências para garantir a segurança dos filhos que estudam no colégio.

Entre as exigências está a construção de banheiros na unidade educacional para cada faixa etária de idade, além da presença de uma zeladora para supervisionar, em tempo integral, cada banheiro.

Eles também cobram a instalação de câmaras de vídeo em todos os corredores da unidade. Outra exigência é a realização de ronda escolar, onde dois funcionários farão rondas a cada uma hora por toda a extensão dos corredores e pátio da escola.

Eles também pede a criação de uma campanha de prevenção à violência sexual contra crianças e adolescentes, por meio de palestras e cartilhas que orientem de forma didática sobre o tema.

Os pais deram um prazo de 30 dias para que o GEO Tambaú atenda as exigências.

As exigências acontecem após vir apreensão de quatro adolescentes suspeitos de estuprar crianças no colégio. Um zelador está sendo investigado por participar dos crimes.

“Diante de um fato tão grave é o mínimo que o Colégio GEO pode fazer”, afirmam os pais no documento.

Eles afirmam que, caso não sejam atendidas as exigências, irão acionar o Ministério Público, por meio da Procuradoria da Infância e da Juventude, para o ingresso de uma ação coletiva contra a escola, “para que seja aplicado os direitos e garantias, previstos no nordenamento jurídico, dentre eles o Estatuto da Criança e do Adolescente. Como também a imputação de responsabilidades e penalidades, cabíveis ao caso em questão”.