BESSA GRILL
Início » Policiais » Secretário Jean Francisco Nunes titular da (Sesds), garante que Sistema de Segurança irão atuar durante 256ª Romaria da Penha tô

Secretário Jean Francisco Nunes titular da (Sesds), garante que Sistema de Segurança irão atuar durante 256ª Romaria da Penha tô

22/11/2019 06:50

Aproximadamente 1.500 homens e mulheres da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros Militar e de outros órgãos que compõem o Sistema de Segurança nas esferas estadual e municipal irão atuar durante a 256ª Romaria de Nossa Senhora da Penha, que acontecerá no próximo sábado (23), em João Pessoa.

O evento vai contar com a execução de um esquema operacional integrado, construído por essas instituições, e que foi apresentado na manhã desta quarta-feira (20) pela Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds), tendo a frente o Delegado Jean Francisco Nunes,titular da pasta da segurança pública da Pb, durante coletiva de imprensa realizada no auditório da PBTur, no bairro de Tambaú, capital, com a presença do monsenhor Nereudo Freire, da Paróquia da Penha.

A Polícia Militar montou um esquema especial de segurança com 829 policiais militares e 108 viaturas atuando ao longo do trajeto e no entorno dele. A movimentação dos participantes será monitorada por câmeras e a corporação também usará drones para auxiliar o trabalho dos policiais. O policiamento estará atuando desde o início da noite, para garantir a segurança dos participantes desde a saída de casa, com reforço nos pontos do ônibus e em locais estratégicos. O início da caminhada dos quase 14 km, da Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, no Centro, até o Santuário da Penha, está marcado para as 22h. Ao longo do percurso, a PM estará ainda com 15 Pontos de Observação Policial (POP), duas plataformas e também de disciplinadores de público. A passarela da Avenida Dom Pedro II será interditada com a presença dos policiais do Canil.

O Corpo de Bombeiros Militar estará presente na Romaria da Penha com um efetivo de 238 homens e mulheres, 28 viaturas, 13 postos operacionais e dois postos de guarda-vidas, uma embarcação e sistema de monitoramento com drone, para atuar no combate a incêndios, atendimentos pré-hospitalares, buscas e salvamentos, além de prevenções aquáticas e vistorias técnicas. A atuação também começa na Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, seguindo por todo o percurso, até o Santuário da Penha, na praia da Penha.

A Polícia Civil vai garantir reforço com plantão na 9ª Delegacia Distrital, no bairro de Mangabeira, que será responsável por todos os procedimentos ocorridos durante o evento, garante o delegado Isaías Gualberto Delegado Geral. Além disso, estarão funcionando normalmente o plantão da Central de Polícia, no bairro do Geisel, para procedimentos em geral e a 12ª Delegacia Distrital, em Manaíra, para registro de Boletim de Ocorrência (BO). As Delegacias da Infância e Juventude, de Atendimento Especializado a Mulher e de Crimes contra a Pessoa também estarão atuando normalmente, em regime de plantão. Ao todo, 20 policiais civis serão escalados a mais para trabalhar no dia do evento, com oito viaturas.

A Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob) de João Pessoa irá trabalhar de maneira integrada com os órgãos de Segurança, com a presença de um efetivo de 120 agentes. O Samu contará com 12 profissionais atuando exclusamente no percurso da romaria e a Guarda Municipal da capital vai atuar com 150 homens e mulheres. A Polícia Rodoviária Federal (PRF), que também participou da coletiva, vai empregar um efetivo de 30 policiais e quatro viaturas, garantindo a segurança viária na BR-230 e nas alças do viaduto da Universidade Federal da Paraíba, atuando de maneira integrada com a Semob no fechamento e liberação das alças e evitando o acúmulo de pessoas na parte superior do viaduto. O Poder Judiciário será outra instituição a participar do evento, com 30 pessoas responsáveis pela proteção de crianças e adolescentes.

Reforço na orla – Paralelamente ao policiamento na Romaria, a PM já montou um planejamento para reforçar a segurança na Orla da Capital no mesmo dia, com mais de 60 policiais, por causa da final da Copa Libertadores da América. O jogo, marcado para as 17h, deve aumentar a movimentação de pessoas no local. O reforço atuará no horário da partida entre as equipes brasileira do Flamengo e argentina do River Plate, bem como no pós-jogo.

www.reporteriedoferreira.com.br