BESSA GRILL
Início » Policiais » Homens são presos com arsenal e material usado em ataques a agências bancárias

Homens são presos com arsenal e material usado em ataques a agências bancárias

Prisão da dupla aconteceu na cidade de Santa Luzia, no Sertão paraibano

3/12/2012 14:33

Dinamites,grampos e outros materiais foram apreendidos (Crédito: Patos Online)

Uma denúncia anônima sobre a existência de um veículo com placa de Mossoró rondando pela região de Santa Luzia, no Sertão paraibano, levou a Polícia Militar a prender dois homens e a apreensão de farto material utilizado por bandidos na explosão de caixas eletrônicos.

Os dois homens presos foram Valdenor Xavier de Sousa Júnior, 30 anos, residente no Bairro Jatobá, na cidade de Patos e Fabrício Alves da Costa (Negão), morador do Sitio Tubarão, zona rural de São José do Bonfim que trabalha como motorista de transporte alternativo. Eles revelaram a existência de outro veículo com comparsas que conseguiram fugir.

Caixa de grampos estava com a dupla (Crédito: Patos Online)

Informações do 2º tenente Fernandes Galindo, do 3º Batalhão da PM, com sede em Patos, no final da manhã desse domingo, 2, chegou a informação da existência de um veículo corola prata, placas NNJ-2261-Mossoró-RN, circulando na região de Santa Luzia, com duas pessoas em atitude suspeita.

Para não chamar os policiais de uma guarnição do destacamento de Santa Luzia passou a monitor o veículo de longe sem chamar a atenção. Já era final de tarde quando o veículo saiu da cidade pela BR-230, com destino a Campina Grande, cerca de 500 metros da cidade, o veículo Corola foi abordado pelos policiais que já estavam com apoio de outras guarnições. “A dupla não ofereceu nenhum tipo de resistência”, disse o tenente Fernandes.

Valdenor foi preso na Operação (Crédito: Patos Online)

Com a dupla, a polícia encontrou uma espingarda calibre 12, quatro dinamites e grampos usados para furar pneus. Dinheiro, celulares e outros materiais foram apreendidos.

Para a polícia a dupla revelou que todo o material seria levado para Campina Grande onde seria entregue a outro grupo. “Pela revelação deles, acreditamos que a ação iria acontecer na madrugada desta segunda-feira em um município daquela região’, salientou o oficial.

O material apreendido, dinamites e grampos é oriundo de Pernambuco, como disseram a polícia. A quadrilha, acredita o tenente Fernandes, tem ramificações tanto em Pernambuco como também no Rio Grande do Norte.

Investigações

Fabrício foi solto de presídio no CE há cerca de 3 meses (Crédito: Patos Online)

O oficial da Polícia Militar, que também faz parte do Serviço de Inteligência do 3º BPM, disse que já havia recebido informações sobre a quadrilha, principalmente a participação de Fabrício que tem antecedentes, no envolvido com assaltos e arrombamentos de agências dos Correios e Telégrafos e estabelecimentos comerciais.

A surpresa da polícia foi o envolvimento de Fabrício com quadrilha especializada na explosão de agências bancárias.

Os dois bandidos já revelaram nomes de envolvidos com a quadrilha, mas estão sendo mantidos em sigilo. “Estamos trabalhando em conjunto com a Polícia Civil para localizar as pessoas que eles revelaram os nomes”, disse o tenente.

Fabrício Alves da Costa já é conhecido da polícia. Há cerca de três meses ele foi liberado de um presídio no Estado do Ceará, onde praticou um assalto a mão armada e responde pelo artigo 157, do Código Penal Brasileiro. A dupla de bandidos foi encaminhada com o material para Delegacia de Polícia Civil de Santa Luzia, onde foi autuada em flagrante pelo delegado plantonista Manoel Martins.

Wscom