BESSA GRILL
Início » Policiais » Filho e mais dois suspeitos do assassinato de auditor fiscal em JP já estão Presídio do Roger

Filho e mais dois suspeitos do assassinato de auditor fiscal em JP já estão Presídio do Roger

Eles passaram por audiência de custódia na tarde desta terça-feira (27), no Fórum Criminal da Capital.

28/08/2019 08:27
Os três suspeitos passaram por audiência de custódia na tarde desta terça-feira (27), no Fórum Criminal da Capital (Foto: /Arquivo)

A Justiça ordenou que o filho do auditor fiscal assassinado em João Pessoa e os dois suspeitos de executarem o homicídio sejam encaminhados ao Presídio do Roger. Eles passaram por audiência de custódia na tarde desta terça-feira (27), no Fórum Criminal da Capital.

O assassinato aconteceu no dia 7 de julho, em uma granja no Muçumago, no Valentina, bairro de João Pessoa.

Dentre os homens presos está Paulo Rodrigues Teixeira de Carvalho, filho do auditor e acusado de ser o mandante do crime. Também foram presos Dyego da Silva Cavalcante, suspeito de ser o executor do crime, e Carlos Roberto, acusado de intermediar as negociações entre o mandante e o executor.Hugo Hélder, responsável pela Delegacia de Homicídios, ainda detalhou  que “agora nós vamos fazer as provas técnicas, que são o exame de eficiência das armas, confronto balístico. Estamos preparando esse material e também os flagrantes que foram gerados das armas estamos relatando”. De acordo com o delegado, “o que a gente vai checar é que possivelmente uma dessas armas pertencia ao auditor, que estava na casa dele”.

Até o momento foram presas três pessoas acusadas de participação no crime. No entanto, as investigações continuam e existe a possibilidade de mais prisões. “Nós já apresentamos para a juíza. Ela achou por bem não decretar a prisão de outras pessoas, mas pediu para que a gente aprofundasse mais as investigações”, destacou o delegado.