BESSA GRILL
Início » Policiais » Ex-vereador confessa que matou guarda municipal por dívida de 4 quilos de carne

Ex-vereador confessa que matou guarda municipal por dívida de 4 quilos de carne

Francieudo Militão da Silva, de 29 anos, foi assassinado na noite da última sexta-feira, 22, em um bar no centro de Igaracy.

26/02/2013 19:38

O marchante e ex-vereador José Correia de Araújo, de 52 anos, apresentou-se ao delegado da cidade de Piancó, José Pereira, na tarde dessa segunda-feira, 25, e revelou as razões que o motivaram a atirar quatro vezes contra o guarda municipal Francieudo Militão da Silva, de 29 anos, na noite da última sexta-feira, 22, em um bar no centro de Igaracy.

Conforme o delegado José Pereira, o acusado disse que tinha vendido quatro quilos de carne à vítima dias antes e foi cobrar o pagamento do produto, mas Francieudo teria reagido com insultos e agressões morais contra ele. Sentindo-se desmoralizado, José Correia contou que se armou com um revólver e atirou contra o guarda municipal.

Depois de prestar depoimento e entregar a arma do crime à polícia, o acusado retornou à sua residência e vai responder ao processo em liberdade, mas, segundo o delegado, é possível que ele ainda seja preso, caso a Justiça decrete sua prisão preventiva. O assassinato teve forte repercussão no município de Igaracy e revoltou os familiares da vítima.

O guarda municipal Francieudo Militão era casado e pai de dois filhos. Ele ainda foi socorrida com vida, mas morreu antes de chegar ao hospital de Piancó.

 

 

 

Da Redação (com Folha do Vali)