BESSA GRILL
Início » Policiais » Diarista, grávida de quatro meses, é executada no bairro do Cristo

Diarista, grávida de quatro meses, é executada no bairro do Cristo

Edilane Pereira da Silva, 29 anos, teria reagido a um assalto numa parada de ônibus

1/04/2013 19:15

A diarista Edilane Pereira da Silva, 29 anos, grávida de quatro meses, foi morta, no início da tarde desta segunda-feira (01), após um assalto, em uma parada de ônibus na Avenida Fraternidade, no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa.

Segundo informações da cavalaria da Polícia Militar, Edilane estava no ponto do ônibus, quando foi abordada por dois homens armados em uma moto, que pediram a sua bolsa. A vítima reagiu ao assalto e acabou sendo alvejada por três disparos. O Samu foi até o local, mas encontrou a mulher já sem vida.

Edilane já era mãe de uma criança de três anos. A polícia investiga se o motivo do crime tenha realmente sido latrocínio ou se a vítima já era procurada pelos criminosos.

Da Redação
Foto: Aguinaldo Mota