BESSA GRILL
Início » Policiais » Depois de “EUA” e “Al Qaeda”, JP agora tem “Iraque” onde PM só entra em comboio

Depois de “EUA” e “Al Qaeda”, JP agora tem “Iraque” onde PM só entra em comboio

A Comunidade do “Iraque” se inicia no ponto final do ônibus 514, em Mangabeira

18/01/2013 16:10

Dois jovens estão desaparecidos na Comunidade

A cidade de João Pessoa aprendeu a conviver com expressões e nomes que ganharam destaque no noticiário nacional, principalmente quando a pauta é guerra e terrorismo. “EUA” e “Al qaeda” são facções criminosas que polarizam o crime e o trafico de drogas em várias comunidades da Capital. Nos últimos meses outra expressão ganhou destaque na cidade. Iraque é como ficou conhecida a Comunidade Patrícia Thomaz em Mangabeira.

De acordo com uma professora que trabalha próximo ao local, o medo toma conta dos moradores e das pessoas que precisam passar ou trabalhar na localidade. Nos últimos meses vários assassinados foram cometidos no local e duas pessoas desapareceram.

Ainda segundo a fonte ouvida pelo Portal WSCOM, não existe posto de Polícia na comunidade e a violência e ousadia dos bandidos são tão grandes que a Polícia só entra no “Iraque” em comboio, ou seja, em mais de uma viatura.

A Comunidade do “Iraque” se inicia no ponto final do ônibus 514, em Mangabeira.

 

Da redação com Wscom