BESSA GRILL
Início » Policiais » Delegado afirma que suspeito de matar atleta vai responder por homicídio culposo

Delegado afirma que suspeito de matar atleta vai responder por homicídio culposo

5/10/2018 17:01

O condutor do veículo que atropelou e matou o atleta Anderson dos Santos Firmino, de 25 anos, na madrugada do dia 26 de setembro, prestou depoimento à polícia nesta quinta-feira (4), ao delegado Alberto Jorge, da Delegacia de Crimes de Trânsito, responsável pelo inquérito. Segundo ele, o motorista alegou que se sentiu pressionado e com medo de represália dos populares do local e que a moto estava com a lanterna apagada, motivo pelo qual não teria visto o motociclista. 

O delegado informou que o suspeito responderá pelo crime de homicídio culposo, previsto no artigo 302, do Código de Trânsito Brasileiro.  

No carro estavam três pessoas, que fugiram a pé sem prestar socorro após o acidente.

A vítima tinha 25 anos, era estudante de Educação Física e estava seguindo para o trabalho da esposa em uma motocicleta quando foi atropelado, não resistiu e morreu no local. Anderson também era associado à Confederação Brasileira de Karatê, além de praticar kickboxing e corrida de rua.

Sobre a possibilidade do condutor ter ingerido bebida alcoólica momentos antes do atropelamento, o delegado ressaltou que o teste do bafômetro não teve como ser feito visto a evasão do suspeito do local. 

Ele disse também o inquérito será concluído assim que for liberado o resultado da perícia para saber os reais motivos do acidente. O Instituto de Perícia Criminal (IPC) tem um prazo de dez dias para finalizar o laudo. 

O delegado destacou que não houve como utilizar as imagens das câmeras de segurança de um prédio próximo de onde aconteceu a colisão pois o computador que concentrava todo o sistema estava sem funcionar.

Anderson dos Santos Firmino

por: clickpb