BESSA GRILL
Início » Policiais » Corpo é achado em carrinho de mão e palavra ‘estuprador’ escrita no peito

Corpo é achado em carrinho de mão e palavra ‘estuprador’ escrita no peito

28/11/2016 18:11

carrodemaoUm morador de rua foi achado morto dentro de um carrinho de mão na noite do domingo (27) em Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi encontrada amarrada e com uma corda em volta do pescoço. Ele estava sem roupas e o corpo tinha marcas de agressão, com a palavra “estuprador” escrita no peito com batom.

Um grupo de pelo menos 10 pessoas teria participado do assassinato e os suspeitos iriam jogar o corpo em um lixão. A polícia chegou ao local e, após um tiroteio, conseguiu prender um suspeito, que confessou o crime.

O caso foi registrado por volta das 21h (horário local), no bairro Mário Andreazza. Segundo a PM, um morador da região acionou a polícia informando que cerca de dez pessoas deixaram na rua um carro de mão com um corpo dentro.

Ao chegar no local, a polícia encontrou o homem morto, o corpo apresentava marcas de agressão na cabeça e no tórax, onde estava escrita a palavra “estuprador”.A PM realizou buscas pela região e encontrou o grupo suspeito do crime. Um homem de 42 anos foi preso, ele foi levado para a Central de Polícia Civil, em João Pessoa. Os outros suspeitos fugiram após reagirem à ação policiail e não foram localizados.

Segundo o delegado Pedro Ivo, titular da delegacia de homicídios de Bayeux, o preso confessou o crime e disse que matou a vítima a pauladas pois o morador de rua estaria se masturbando para crianças do bairro.

O suspeito foi autuado em flagrante e deve passar por audiência de custódia na tarde desta segunda-feira (28). O corpo da vítima foi levado para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal de João Pessoa (Gemol), onde permanecia sem identificação até as 10h. A polícia não soube informar se o homem respondia a processo por algum crime.

www.reporteriedoferreira.com G1