BESSA GRILL
Início » Cidades » Coordeam enfatiza trabalho de divulgação e prevenção sobre violência doméstica

Coordeam enfatiza trabalho de divulgação e prevenção sobre violência doméstica

13/05/2019 11:47

A Coordenação das Delegacias da Mulher na Paraíba – Coordeam – realizou neste fim de semana mais uma palestra sobre a prevenção e modos de denunciar a violência contra a mulher, bem como esclareceu o funcionamento da Lei Maria da Penha para estudantes de uma escola particular de João Pessoa.

O evento aconteceu no colégio das Lourdinas por ocasião da comemoração dos 79 anos do educandário. Para um auditório lotado a delegada Renata Matias, da Coordeam, abordou temas como Lei Maria da Penha, importunação sexual e feminicídio. “É importante falar sobre esse assunto nas escolas, repartições públicas, empresas privadas e em todos os ambientes e para todos os públicos, pois o conhecimento e a prevenção são as melhores armas para combater a violência contra a mulher”, ressaltou.

A equipe da Coordenação das Delegacias da Mulher está presente nos lugares mais inusitados, como nos canteiros de obra da construção civil, onde o público é formado em sua maioria por homens. Não só nas escolas, mas nas indústrias e na construção civil as palestras realizadas pela Coordeam têm levado esclarecimentos sobre a prevenção e estimulado a população a denunciar a violência contra a mulher através do disque-denúncia 180 ou pelo número da Polícia Civil 197.

“É importante lembrar que a violência não começa quando a mulher procura uma delegacia. Ela se instala desde o início de um namoro quando o namorado não permite que ela vista determinado tipo de roupa. Se houver a permissão da mulher essa relação doentia vai crescendo até chegar ao ponto da agressão verbal e depois da agressão física. Quanto ela percebe isso e quer dar um basta ele não vai mais aceitar o ‘não’. Então a mulher já está envolvida em um ciclo de violência e, dificilmente, conseguirá sair. Por isso ressaltamos a importância da denúncia desde o primeiro momento em que houver qualquer tipo de agressão contra a mulher”, destacou a delegada Maísa Félix, coordenadora das Delegacias da Mulher na Paraíba.

www.reporteriedoferreira.com.br Assessoria