BESSA GRILL
Início » Policiais » Batalhão Ambiental apreende aves silvestres na Grande João Pessoa

Batalhão Ambiental apreende aves silvestres na Grande João Pessoa

7/12/2012 11:00

Policiais do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) realizaram a Operação Equilíbrio Ambiental e apreenderam 34 aves silvestres. Os animais estavam sendo mantidos irregularmente em cativeiro, na Comunidade Porto de João Tota, no bairro de Mandacaru, na Capital, e no município do Conde.

A primeira ocorrência foi registrada, na quarta (5), no início da operação, no município do Conde. Dezessete aves foram apreendidas no local, mas ninguém foi preso, pois os suspeitos fugiram quando souberam da chegada dos policiais. Na manhã desta quinta (6), um novo flagrante foi feito em Mandacaru, com 17 aves encontradas em uma região próxima da mata.

Na ocasião, os suspeitos também abandonaram as gaiolas para fugir da polícia. Entre as aves apreendidas estão animais da espécie Azulão, Galo de Campina, Sanhassu, Papa-Capim e Curió – nenhuma delas ameaçadas de extinção.

“É importante que as pessoas denunciem essa atividade ilegal e que ainda é recorrente em todo o mundo. Intensificamos, desde o início do ano, as operações em feiras livres e áreas próximas a matas e tivemos um volume grande de apreensões: só de janeiro a setembro de 2012 foram recuperados 3.050 animais silvestres que eram mantidos em cativeiro”, contou o subcomandante do BPAmb, major Oscar Beuttenmuller.

Segundo ele, a atividade ilegal foi flagrada, sobretudo, nos municípios da Grande João Pessoa. Neste mesmo período, 46 pessoas foram presas e cinco adolescentes apreendidos. Além das implicações penais, quem for flagrado mantendo irregularmente animal silvestre em cativeiro tem que pagar uma multa de R$ 500, por cada animal, valor que chega a R$ 5 mil se a espécie estiver em extinção.

Após a apreensão, os animais são levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (localizado em Cabedelo), para serem cuidados e reintegrados à natureza.

 

 

 

da Secom